vinicius pinotti, são paulo

Vinicius Pinotti é o diretor de marketing do São Paulo (Foto:Eduardo Viana/Lancepress)

Marcio Porto
01/09/2016
18:12
São Paulo (SP)

Em meio à crise no futebol, o São Paulo conseguiu acerto com um importante parceiro: a montadora BMW. Pelo acordo, a gigante alemã cederá veículos para serem utilizados pelo clube em troca de um camarote no Morumbi e espaço de publicidade no estádio e nos centros de treinamentos. A frota utilizada pela diretoria, como o carro do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, por exemplo, será cedido pela empresa.

A parceria começa com formato de permuta, mas o objetivo do departamento de marketing é expandir. Como já ocorreu em outros casos, a intenção é fazer com que a BMW invista no clube, com a possibilidade de se tornar mais um patrocinador com marca estampada no uniforme.

O departamento de marketing, comandado pelo diretor Vinicius Pinotti,  superou a casa dos R$ 30 milhões com patrocínio de camisa em 2016. A renda foi alavancada também pela entrada da Prevent Señior no espaço master. A parceria começou com um contrato pontual e se expandiu. As outras marcas no uniforme são Corr Plastik, TIM, FIAP, Joli e Rock&Ribs. A Copa Airlines, patrocinadora digital do Tricolor que teve contrato ampliado em maio, além de Ambev, Gatorade, Habib's e Bradesco Seguros completam o time de parceiros oficiais do clube.

Enquanto lida com uma grave crise no futebol, após a invasão de torcedores no CT da Barra Funda, o São Paulo tenta obter resultados positivos fora de campo. Na segunda-feira, a diretoria financeira apresentará aos conselheiros números expressivos da redução da dívida do clube, uma queda de 32% no geral, e 47% no que se refere à parte bancária. Uma das importantes fontes de receitas vieram do marketing.