Morten

Morten é o grande responsável por colocar a Seleção feminina de handebol entre as favoritas  (Foto: Inovafot)

Fábio Suzuki
05/08/2016
14:30
São Paulo (SP) 

A diretoria do São Paulo busca um novo técnico para o lugar deixado por Edgardo Bauza, que irá assumir a seleção da Argentina. Nomes como os de Abel Braga e Fernando Diniz aparecem como cotados para assumir o time do Morumbi, mas se os dirigentes são-paulinos quiserem inovar e manter um gringo no comando da equipe podem falar com o dinamarquês Morten Soubak, técnico da Seleção Brasileira feminina de handebol, que brincou com a possibilidade nesta sexta-feira.

- Eu aceitaria com certeza, só não sei se seria uma boa ideia treinar um time de futebol – afirmou Morten, aos risos, após ser questionado sobre treinar seu time do coração.

Há dez anos no Brasil, a paixão pelo futebol é um dos exemplos do quão adaptado ele está com a cultura brasileira. E o interesse pelo Tricolor paulista já o fez até assistir treinos do time no Centro de Treinamento da Barra Funda.

Apesar da resposta bem-humorada sobre dirigir o São Paulo, o foco de Morten está no handebol, tendo sido o grande responsável por colocar a equipe feminina do Brasil entre as melhores do mundo na modalidade sendo apontada como uma das favoritas a medalha nos Jogos Olímpicos Rio-2016.

Neste sábado, ele inicia a busca por uma medalha inédita da modalidade em uma Olimpíada contra a seleção da Noruega, as atuais campeãs olímpica e mundial.