Rodrigo Caio - Coletiva Seleção Brasileira (Foto: Lucas Figueiredo/Mowa Press)

Rodrigo Caio foi campeão olímpico com a Seleção (Foto: Lucas Figueiredo/Mowa Press)

Marcio Porto
25/08/2016
14:02
São Paulo (SP)

Rodrigo Caio concluiu nesta quinta-feira mais uma etapa para atingir seu sonho de jogar na Europa. O zagueiro do São Paulo recebeu na Itália seu passaporte italiano, que permite ser contratado por um clube europeu sem entrar na cota de estrangeiros. Essa foi, por exemplo, uma das condições exigidas pelo Sevilla (ESP) para investir nele.

Rodrigo está na Itália desde a última terça-feira, quando viajou liberado pelo São Paulo. Feito os trâmites, o jogador campeão olímpico com a Seleção Brasileira na Rio-2016 retorna ao Brasil nesta sexta-feira. Pode ser que ele fique à disposição do time para o duelo do próximo domingo, contra o Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro. 

Com o documento em mãos, Rodrigo agora aguarda o desfecho das negociações em curso para definir seu futuro. Quem mais se aproximou dele até o momento foi o clube espanhol, que acenou com proposta de 9 milhões de euros (R$ 32,2 milhões), mais 2,5 milhões de euros (R$ 9 milhões) em bônus por metas alcançadas pelo jogador. Esse é o valor que o São Paulo ficaria, para ceder 80% dos direitos econômicos do atleta.

Rodrigo Caio está em alta e valorizado pela conquista da Olimpíada, em que foi titular da zaga que sofreu apenas um gol na campanha do título. Ciente disso, o Tricolor espera atingir pelo menos 15 milhões de euros (cerca de R$ 54 milhões) pelo seu jovem jogador, cuja formação se deu inteiramente em Cotia, sede da base são-paulina. A medalha de ouro levou um conselheiro do clube a sugerir que seja adotada uma terceira estrela dourada no escudo, sendo que as outras duas são por recordes mundias quebrados pelo saltador Adhemar Ferreira da Silva, quando era atleta do Tricolor. 

O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva já disse que está analisando a saída do jogador, depois de ele mesmo pedir para ser negociado. Rodrigo está no profissional do São Paulo desde 2011. Ele está com 23 anos e também desperta interessa da Lazio (ITA).