Juventude x São Paulo

Rodrigo Caio disputa bola no chão com jogadores do Juventude (Foto: Itamar Aguiar/Agencia Freelancer)

LANCE!
23/09/2016
00:09
São Paulo (SP)

O técnico Ricardo Gomes lamentou a eliminação do São Paulo na Copa do Brasil nesta quinta-feira para o Juventude, mas viu aspectos positivos depois da vitória em Caxias do Sul. O comandante disse que a queda aconteceu por causa da derrota no jogo de ida e exaltou a atuação do time na volta, falando em "espetáculo".

- Não podemos esperar que o torcedor aceite a eliminação. Mas foi no primeiro jogo. Nesse jogo merecíamos a classificação. Três vitórias nos últimos quatro jogos, e por isso me deixa com confiança. Confiança pela qualidade do jogo, do espetáculo. No Brasil só fala-se em resultado e pouco se fala da qualidade do jogo. Aconteceu isso hoje, não aconteceu no jogo de ida. Fomos eliminado, sim, mas teve espetáculo - analisou o treinador são-paulino.


Ricardo Gomes tirou o peso da eliminação para o Juventude, que disputa a Série C do Campeonato Brasileiro. Vencedor de cinco torneios de mata-mata na carreira, ele disse que resultados como o desta quinta acontecem.

- O erro foi no primeiro jogo. Já ganhei umas cinco Copas, já fui eliminado por time de terceira, quarta divisão. Isso é Copa. É bem diferente em todo o campeonato. Por isso é o mata-mata. Tivemos infelicidade no jogo de ida. Hoje, controlamos o jogo. Merecíamos a classificação. Não aconteceu, mas pelo que vi do time... Claro que não posso estar contente com a desclassificação, mas pela garra, dedicação, estou esperançoso para frente - disse.

O treinador afirmou que não é hora de pensar na temporada 2017, mesmo que o Tricolor tenha perdido a única oportunidade de título. São quatro anos na fila. Mas domingo tem o Vitória, em Salvador, partida importante na luta contra o rebaixamento.

- Temos um jogo importantíssimo domingo contra o Vitória. Temos de pensar no Brasileiro. Não podemos pensar em 2017, não. Planejamento tem várias pessoas para fazerem. Eu tenho de pensar nesse ano. Esse ano, podemos evoluir ainda mais - concluiu Ricardo, que em oito jogos pelo São Paulo venceu três, perdeu três e empatou dois.