Ricardo Gomes - São Paulo

O técnico Ricardo Gomes, durante treino do São Paulo no CT (Foto: Ana Luiza Rosa/saopaulofc.net)

Marcio Porto
05/09/2016
14:15
São Paulo (SP)

O técnico Ricardo Gomes foi intimado a prestar depoimento no inquérito aberto pela Policia Civil para apurar a invasão de torcedores ao CT do São Paulo, na Barra Funda, no último dia 27. Ricardo conversará com a delegada Margarete Barreto, responsável pelo caso, na tarde desta segunda-feira. Ele comandava um treino fechado no dia do episódio.

Sete torcedores presentes na invasão, todos membros de torcidas organizadas, já foram ouvidos pela delegada do Drade (Delegacia de Polícia de Repressão e Análise aos Delitos de Intolerância Esportiva), onde o caso é apurado. 

Além da invasão, os jogadores Carlinhos, Wesley e Michel Bastos foram agredidos na confusão, mas não abriram boletim de ocorrência até o momento. Até a semana passada, a delegada ainda portava poucas informações sobre o caso. Ricardo será a primeira pessoa do São Paulo a depor. O clube também não ofereceu denúncia.

No dia da invasão, 14 bolas, um galão de água, cinco garrafas de água e dez camisas de treino foram furtadas, de acordo com o São Paulo. A única pessoa detida até o momento foi pega em flagrante ao tentar roubar uma bola. 

O São Paulo informou que abriu uma sindicância interna para saber se algum funcionário do clube teria facilitado o acesso dos torcedores, mas não chegou a essa conclusão. O clube pediu e a PM também abriu uma sindicação, já que policiais deixaram o local antes do início da manifestação previamente agendada. O Tricolor quer saber a razão.