Sao Paulo x Santos

Técnico Ricardo Gomes descendo para o vestiário do Pacaembu (foto:Mauro Horita/AGIF)

Marcio Porto
14/10/2016
00:10
São Paulo (SP)

Após a derrota para o Santos por 1 a 0 nesta quinta-feira, no Pacaembu, o técnico Ricardo Gomes admitiu que sente seu cargo ameaçado no São Paulo. Ele citou a falta de resultados do time, que não vence há cinco partidas no Campeonato Brasileiro. O Tricolor está com 36 pontos, apenas três acima do Internacional, o primeiro da zona do rebaixamento.

- Olha os resultados. Tem algum treinador que não fica ameaçado com resultados com esses? Não tem nenhum treinador com cinco resultados, três derrotas e dois empates, que esteja tranquilo. Não será no Brasil isso - declarou o comandante, fazendo menção à cultura de troca de treinadores no país.

Em dez partidas disputadas no Brasileiro pelo São Paulo, Ricardo Gomes obteve quatro derrotas, quatro empates e apenas duas vitórias. O aproveitamento ruim incomoda.

- Não estou preocupado com meu aproveitamento. Estou preocupado com o São Paulo. Quero melhorar o time do São Paulo - disse o treinador, de forma ríspida.


Se depender do diretor-executivo Marco Aurélio Cunha, Ricardo Gomes terá tempo. Isso porque o dirigente disse, também após o duelo no Pacaembu, que não pensa em mudanças agora.

- Mudança agora seria perder a cabeça, não serviria para nada. Temos de trabalhar. Hoje, a equipe até jogou bem, mas não conseguiu concluir as chances que teve - afirmou Marco Aurélio, em zona mista.

Depois, o diretor foi novamente perguntado sobre a situação de Ricardo Gomes. Marco lembrou que a decisão não dependia apenas de sua vontade, mas também do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva. E quando foi perguntado sobre qual seu real desejo...

- De novo? De novo isso? Eu quero é que o São Paulo vença, que o Ricardo sobreviva. Não me pergunte mais isso - disparou, diante da insistência do repórter.


Confira outros trechos da coletiva de Ricardo Gomes:

Análise do jogo
Perdemos uma boa oportunidade de sair dessa situação. Acho que equilibrado os primeiros 15 minutos, depois o São Paulo melhor. Com o gol, perdemos dez, 15 minutos para digerir e perdemos tempo. Depois fomos superiores, mas faltou o mais importante, o gol. Não faltou raça, organização, acho que temos de colocar na conta da fase. Temos de arrumar outros meios para sair dessa fase.

Falta de qualidade?
Não. Conheço bem esse esporte. Tem dia que a bola... Mas está uma sequência que deixa todo mundo preocupado. Falta de sorte. Já é o quinto que não é suficiente. Perdemos oportunidade. Mas confiante pelo que o time fez na parte final do primeiro tempo e do segundo. Pagamos caro por um erro de posicionamento.

Fluminense, próximo jogo
Não vou mudar muito, não. No máximo o posicionamento. Robson entrou bem, deu profundidade ao nosso ataque. O Jean Carlos também entrou bem. Temos um padrão, e tentar sair dessa situação.

Michel Bastos nem relacionado
Opção minha. Opção minha. Teve mais uma chance, mas não recuperou parte física e depende dela. Mas ainda não está desenvolvendo o que nós esperamos.