Matheus Queiroz - São Paulo

Queiroz está no Tricolor desde 2006 e disputará sua terceira Copinha da carreira (Foto: Divulgação)

Bruno Grossi
02/01/2016
16:11
São Paulo (SP)

Os três títulos conquistados pelo time sub-20 do São Paulo em 2015 já trazem consequências para o clube paulista. Antes do início da Copa São Paulo de Juniores, a diretoria da base tricolor precisou correr para renovar o contrato do zagueiro Tormena, mas os trabalhos nos bastidores não devem parar por aí. Isso porque o volante Matheus Queiroz tem proposta para atuar no Sporting Lisboa (POR) a partir desta temporada.

Queiroz iniciará neste domingo - às 14h, o Tricolor estreia contra o Paulista de Jundiaí, na Arena Barueri - sua terceira Copinha da carreira. Em 12 de fevereiro, o garoto completará 20 anos e não poderá mais participar de competições sub-20, categoria na qual foi recordista de minutos em campo em 2015: 4.216, com cinco gols marcados. O cenário faz com que o atleta e seu estafe já busquem alternativas, como empréstimos para a disputa do Campeonato Paulista.

Desde 2006 no clube do Morumbi, Queiroz ainda sonha em atuar pela equipe profissional e tem o apoio do técnico do time sub-20, André Jardine. Em entrevista coletiva na última terça-feira, o treinador citou o volante como uma das promessas que considera prontas para serem aproveitadas pelo técnico argentino Edgardo Bauza, recém-contratado pelo Tricolor. O contrato do volante com os paulistas termina em 31 de dezembro de 2017.

Tormena - São Paulo
Tormena foi titular nos títulos do sub-20 em 2015 (Foto: Divulgação)

Na mesma situação de Queiroz estão nomes como Joanderson, Tormena, Foguete e Inácio, todos nascidos em 1996. Joanderson fica até maio de 2018 após negociações complicadas no ano passado e Tormena já tem tudo certo para estender seu vínculo por dois anos anos. Já Inácio, o contrato vence só em setembro e não há pressa para revolver o caso, enquanto Foguete estendeu o contrato com os tricolores até janeiro de 2017.

Haverá trabalho da diretoria também para manter atletas que estão emprestados por outras equipes. O volante e capitão Banguelê, outro que completa 20 anos em 2016, tem vínculo somente até 31 de janeiro e o São Paulo precisará se acertar com o Bahia se quiser continuar com ele. Outro volante na mesma situação é Jeferson, cedido pelo Rio Claro e que chegou a ser relacionado por Juan Carlos Osorio para algumas partidas em 2015.

Há ainda o meia Shaylon, que fará 19 anos em abril, e que está cedido pela Chapecoense até o fim da Copinha em negócio que envolveu o lateral-direito Caramelo, devolvido na última sexta-feira. Passada a participação do clube na competição, a promessa do gerente-executivo da base, Rodolfo Canavesi, é manter a dupla dentro da realidade financeira do clube.

Copa do Brasil sub20 - AtleticoPR x São Paulo (foto:Geraldo Bubniak/AGB)
O volante Banguelê fez gol na primeira final da Copa do Brasil Sub-20 de 2015, contra o Atlético-PR (Foto: Geraldo Bubniak/AGB)