Dorival Júnior

Time de Dorival Júnior tem os piores nomes entre os quatro grandes no Paulistão (Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

William Correia
21/02/2018
08:00
São Paulo (SP)

O fraco histórico recente em clássicos, inclusive perdendo para Corinthians e Santos nesta temporada, é um retrato do que os números indicam: neste Campeonato Paulista, o São Paulo tem sido a quarta força. Na comparação com os outros grandes, o time é o pior em quase todos os quesitos. Nesta quarta-feira, às 21h45, em Itu, a equipe de Dorival Júnior enfrenta o Ituano tentando provar que pode melhorar.

De acordo com os dados fornecidos pelo Footstats (veja tabelas abaixo), entre as principais estatísticas, o São Paulo só é melhor do que um dos rivais em desarmes certos: tem 89,7% de acerto, contra 87,8% do Santos. Também se iguala ao time litorâneo no índice de finalizações certas (34,1%). A equipe ainda sofreu tantos gols quanto o Palmeiras (cinco) e menos do que Santos e Corinthians (sete), mas disputou uma partida a menos do que o trio.

Em números totais, o Tricolor fica atrás de todos os outros grandes na maioria dos quesitos, mas, em relação a isso, pesam as mudanças na tabela sofridas pelo time de Dorival Júnior. Por conta do duelo contra o CSA, pela Copa do Brasil, na semana passada, a equipe do Morumbi fará seu oitavo jogo no Estadual somente nesta quarta-feira, igualando-se aos rivais.

Por conta dessa partida atrasada, é possível que o São Paulo deixe de ser o grande de pior campanha no Campeonato Paulista. Mas, para isso, precisa não só vencer o Ituano, mas golear - o Tricolor, atualmente, tem dez pontos, com uma vitória, três gols de saldo e cinco gols a menos em relação ao Corinthians, dono da terceira melhor campanha da competição, com 13 pontos, um abaixo do Santos e sete atrás o Palmeiras.

Os números servem para evidenciar as poucas convincentes atuações do clube na temporada. Não à toa, mesmo com o São Paulo tendo recentemente voltado a vencer quatro seguidas pela primeira vez desde março de 2015, a torcida tem distribuído vaias. Alguns repetiram o protesto na derrota por 1 a 0 do último domingo, para o Santos, no Morumbi.

Pesa para os tricolores, em qualquer avaliação, o fato de o São Paulo ser disparado o pior dos quatros grandes em clássicos na década: tem 24,1%, com apenas quatro vitórias em 29 duelos e 16 derrotas, sem eliminar nenhum dos três rivais nos duelos mata-mata no período. Desde 2011, o aproveitamento do Corinthians em clássicos é de 53,7%, seguido pelos 48,8% do Palmeiras e 47,7% do Santos.

O próximo clássico na agenda tricolor será somente daqui três rodadas do Campeonato Paulista, no dia 8, contra o Palmeiras, no Allianz Parque. Mas é a partir desta quarta-feira, contra o Ituano, que Dorival Júnior precisa provar que ser a quarta força do Estadual é apenas uma situação momentânea.