Matheus Pereira - Sporting

O jovem Matheus Pereira fez toda a formação nas categorias de base do Sporting Lisboa (Foto: Divulgação)

Bruno Grossi
17/03/2016
15:41
São Paulo (SP)

Enquanto o time sofre com a falta de resultados na temporada, a diretoria do São Paulo segue ativa na busca por reforços. Um dos alvos é o meia Matheus Pereira, de somente 19 anos e que defende as cores do Sporting Lisboa, de Portugal. O problema é que o time lusitano não parece estar muito disposto a aceitar a proposta de empréstimo oferecida pelo Tricolor.

A notícia do interesse e da oferta do São Paulo pela joia brasileira foi divulgada nesta quinta-feira pelo jornal português O Jogo e confirmada pela reportagem do LANCE!. Os tricolores tentam, ao menos, um empréstimo que poderia durar até o fim do ano, mas esbarram na insistência da diretoria dos Leões em manter no elenco o jovem que fez todas as categorias de base no clube e que tem contrato até 2020, com multa estimada em 60 milhões de euros.

Promovido ao time profissional ainda em 2014, Matheus já disputou 17 partidas e chegou a marcar cinco gols, tornando-se um dos xodós da torcida. Após a chegada do também brasileiro Bruno César, ex-Corinthians e Palmeiras, o meia perdeu espaço na equipe de Jorge Jesus e voltou a disputar partidas pelo Sporting B, na Segunda Divisão de Portugal. A mudança incomodou o garoto, que sonha em disputar a Olimpíada pelo Brasil.

Sem muito dinheiro à disposição para grandes contratações, a diretoria do São Paulo tem apostado em contratações por empréstimos para reforçar o elenco. Foi assim que o argentino Jonathan Calleri, do Deportivo Maldonado (URU), e o zagueiro Maicon, do Porto (POR), assinaram até o fim de junho. Já o atacante Kelvin, outro do Porto, tem vínculo até o fim do ano.

Para a posição de Matheus Pereira, o São Paulo conta apenas com Paulo Henrique Ganso. Desde a pré-temporada, o técnico Edgardo Bauza vem testando opções para substituir o Maestro, maior destaque do Tricolor em 2016. O atacante Rogério, apesar de preferir atuar nas pontas, foi o mais utilizado na função, que também já teve Daniel testado.