Dorival Júnior testa opções para a vaga de Wellington Nem

Técnico Dorival Júnior testa opções no time do São Paulo (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Marcio Porto
12/09/2017
12:10
São Paulo (SP)

O técnico Dorival Júnior começou nesta terça-feira a preparar o São Paulo para encarar o Vitória no próximo domingo, no Barradão. No primeiro esboço de formação, o comandante treinou com 13 jogadores de cada lado e já deu alguns sinais de escalação. A principal novidade foi o posicionamento de Rodrigo Caio, mais adiantado à frente dos zagueiros, como volante. Na zaga, ficaram Arboleda e Bruno Alves.

A atividade foi divida em três partes, a última sendo o treino tático. O time principal tinha a seguinte formação: Sidão, Militão, Arboleda, Bruno Alves e Júnior Tavares; Rodrigo Caio, Petros, Hernanes, Jonatan Gomez, Lucas Fernandes, Thomaz e Marcos Guilherme; Pratto. Já os reservas formaram com: Renan Ribeiro, Buffarini, Lugano, Aderllan e Edimar; Araruna, Shaylon, Cueva, Denilson, Marcinho, Maicosuel e Paulinho Boia; Gilberto. 

Para o duelo direto contra o rebaixamento, Dorival não terá Jucilei e Edimar, suspensos. Na lateral esquerda, Júnior Tavares está garantida. Já no meio de campo, o argentino Gomez era o favorito, já que tinha treinando na mesma posição de Jucilei, mas o cenário pode mudar com o teste de Rodrigo Caio no meio. Cueva foi mantido no time reserva, mas também pode retornar ao time com uma vaga aberta no meio de campo.

No treino, houve um susto com o atacante Maicosuel. Ele disputou uma bola com Rodrigo Caio e levou a pior. Quando já estava no chão, acabou sendo atingido pelo companheiro no braço esquerdo. Com muitas dores, teve de receber atendimento médico no gramado, ficou um tempo para se recuperar, mas depois se levantou, ainda que mancando, e seguiu no treino. 

Já Jucilei ficou fora da atividade. Segundo a assessoria de imprensa do clube, o volante teve uma indisposição estomacal na noite da última segunda-feira e foi liberado da atividade desta terça pela manhã. Será reavaliado à tarde pelos médicos do clube e, se estiver tudo certo, voltará a treinar nesta quarta.

As outras duas partes da atividade desta terça-feira foram técnicas. Duelos de um contra um e dois contra dois, em que todos atacavam e defendiam. 

O São Paulo tenta sair da crise no Campeonato Brasileiro. A equipe ocupa a 19ª colocação na tabela, com 24 pontos. A crise fez o time se fechar, e os jogadores não darão entrevista até sexta-feira. A pressão pela contratação de um coordenador técnico tem aumentado e o nome de Muricy Ramalho ganhou mais força depois de ele se colocar à disposição para ajudar o clube. Nesta terça, haverá reunião de Conselho de Administração e o assunto será discutido.