LANCE!
27/08/2017
19:13
São Paulo (SP)

Após ser atendido no gramado em decorrência de uma pancada na cabeça pelo joelho do meia Hernanes, no primeiro tempo do clássico contra o Palmeiras, o argentino Lucas Pratto foi levado de ambulância para o HCor (Hospital do Coração), no centro da capital paulista, para uma análise mais profunda do choque e deverá ficar 24 horas em observação sob acompanhamento médico.

A cena de tensão durou cinco minutos e gerou apreensão geral. No hospital, o jogador já deu sinais de que estava bem e não apresentou dificuldades de locomoção. O médico do São Paulo, José Sanchez, falou sobre o episódio após a partida e explicou a situação.


- O Lucas infelizmente foi vítima de trauma na região da cabeça e por conta desse trauma ele perdeu a consciência em torno de um minuto. Ficou incosciente. No momento da inconsciência, sempre tem cuidados que a gente tem de ter, e tomamos isso. Manter a coluna, tomamos todos os cuidados. Ele retornou à consciência já no campo. Estava bem. Falei com ele, ele sabia onde estava, ele me reconheceu. Foi feita a colocação do colar cervical, transportado numa prancha, e levado ao hospital - disse Sanchez.

Apesar de já apresentar melhora, Pratto deverá ficar em observação no hospital por 24 horas, procedimento normal para esse tipo de choque com a cabeça, como declarou o médico do Tricolor.

- A partir daí, mesmo com a evolução dele boa, tem um protocolo para esses casos. Ele fez exames, está tudo bem, podemos dizer que ele está normal. O exame neurológico que é o mais importante neste momento está normal. Pode chegar a 24 horas a observação, deve permanecer em torno de 24 horas. A manhã depois do almoço será reavaliado, e a gente espera que ele seja liberado - concluiu.

O lance aconteceu aos 22 minutos do primeiro tempo, próximo à área do São Paulo. Espantados com a cena, os são-paulinos correram para abrir espaço para a ambulância entrar no gramado. O atendimento foi rápido. No banco de reservas, os jogadores colocavam a mão na cabeça, em sinal de desespero.

O Allianz Parque não traz sorte a Pratto. No clássico do Paulista, ele fraturou o nariz em disputa de bola. Neste domingo, porém, ele tinha dado a assistência para Marcos Guilherme abrir o placar. O argentino foi substituído por Gilberto.