Técnico exige mudanças de comportamento no São Paulo

Dorival preferiu trabalhar no CT para tratar desgastes dos jogadores (Rubens Chiri/saopaulofc.net)

William Correia
13/10/2017
14:51
São Paulo (SP)

O São Paulo tinha programado um treino de ambientação ao Pacaembu nesta sexta-feira, já que fará seus próximos cinco jogos como mandante no estádio municipal. Mas a comissão técnica mudou de ideia por conta do desgaste dos jogadores e fará o trabalho desta tarde no CT da Barra Funda.

A repentina mudança tem como motivo, segundo a comissão comandada por Dorival Júnior, a estrutura do centro de treinamento do clube. No local, a aparelhagem à disposição é melhor do que a encontrada no Pacaembu, e os atletas voltaram de viagem na quinta-feira.

A preocupação é com o cansaço do time, que perdeu do Atlético-MG nessa quarta-feira, em Belo Horizonte, voltou à capital paulista no dia seguinte e só terá esta sexta-feira para treinar para a partida das 21h deste sábado, contra o Atlético-PR, no Pacaembu. A preocupação física fez com que os titulares de quarta nem saíssem do hotel para treinar na quinta, em Minas Gerais.

Por conta disso, o treino, que seria realizado às 15h no Pacaembu, ocorrerá às 16h no CT da Barra Funda. Mas a atividade, que será aberta à imprensa, com entrevista coletiva prevista na sequência, deve ser leve, para poupar o físico dos atletas. A concentração começa logo depois dos exercícios no gramado.

Dorival deve fazer, ao menos, duas mudanças na escalação: o zagueiro Arboleda e o meia Cueva, que ficaram de fora porque atuaram em Equador e Peru, respectivamente, na terça-feira, retomam suas vagas no time nos lugares de Bruno Alves e Jonatan Gomez, que atuaram mal contra o Atlético-MG.

O técnico não perdeu ninguém por suspensão e aguarda a recuperação física do atacante Gilberto, que tem contratura na coxa esquerda, e do zagueiro Lugano, que, apesar de sentir desconforto na panturrilha direita, ficou no banco nessa quarta-feira. Seguem como desfalques os atacantes Brenner, que disputa o Mundial sub-17, e Morato e Wellington Nem, que operaram seus joelhos direitos e não atuarão mais nesta temporada.

Além do Atlético-PR, às 21h deste sábado, o São Paulo jogará no Pacaembu contra o Flamengo, no dia 22, o Santos, no dia 28, a Chapecoense, no dia 9, e o Botafogo, em 19 de novembro. Retorna ao Morumbi somente para enfrentar o Bahia, na última rodada, que deve ocorrer em 3 de dezembro.

A derrota para o Atlético-MG, na quarta-feira, deixou o Tricolor na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, na 17ª posição, com 31 pontos. O Atlético-PR, adversário deste sábado, tem 35 pontos e figura na décima colocação.