Atlético-MG x São Paulo

Gilberto foi aposta do interino e marcou nos acréscimos (Foto: Dudu Macedo/Fotoarena/Lancepress!)

LANCE!
27/11/2016
20:27
São Paulo (SP)

O anúncio de Rogério Ceni como novo treinador do São Paulo aconteceu na última quinta-feira, mas o trabalho do Mito já está adiantado após quatro dias de trabalho. Segundo o auxiliar Pintado, técnico interino na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-MG neste domingo, o ídolo tem se movimentado com a diretoria para acertar novas contratações para o Tricolor. 

- Não é de hoje, mas não estamos parados no mercado. O presidente (Carlos Augusto de Barros e Silva) está diariamente preocupado com reforços e até o Rogério já está buscando o que imagina para a equipe. Ele tem o comando e precisamos respeitar. O São Paulo está se fortalecendo para o ano que vem. Principalmente fora de campo, trazendo reforços. A diretoria não está de braços cruzados - destacou o interino, em coletiva no Independência.

Enquanto ainda tem mais uma rodada do Campeonato Brasileiro a disputar, no domingo contra o Santa Cruz, o Tricolor já acertou o empréstimo de um ano de Wellington Nem, do Shakhtar Donetsk (UCR). Outro acordo perto de ser confirmado é pelo goleiro Sidão, que está cedido ao Botafogo pelo Osasco Audax e deve ser comprado por R$ 500 mil, mais três garotos emprestados. Pintado vê a contratação como certa, mas pede carinho a Denis.

- Existem resultados que a gente não pode esquecer. Denis é o quarto melhor goleiro do campeonato, é quem mais fez defesas difíceis na competição... Renan vinha com muita força para pressionar por uma vaga e agora teremos a chegada de um goleiro experiente também. É importante para ajudar e o Rogério melhor do que ninguém sabe como cuidar dessa posição - disse.


Confira outros trechos da entrevista coletiva de Pintado:

Qual a análise da virada sobre o Atlético-MG?

Nós planejamos isso. O grupo treinou durante a semana e não podemos esquecer que o trabalho e a vitória têm muito da mão do Ricardo Gomes. Muito mesmo. O amor e a entrega dos jogadores, a alegria por jogar no São Paulo, pesou. Isso queremos ver sempre.

Como está o contato com Rogério Ceni?
Já conversamos. Rogério está planejando tudo e isso é muito importante. Todos estão aqui para apoiar, para dar respaldo. Essa é a ordem do presidente, ajudar no que foi possível agora para que 2017 seja de vitórias.

O jogo serviu para Gilberto mostrar que pode ser mais útil?
Na verdade, nós que vivemos o dia a dia conhecemos o caráter e a disposição de cada um. E não é por falta de vontade que as coisas não acontecem. Não podemos esquecer que temos um Bruno lutando muito, o Hudson que sempre entrega o máximo pelo São Paulo, Lyanco e outros jovens que brigam. Robson entrou muito forte, com disposição, que é o que queremos no São Paulo.