são paulo - pintado

Pintado comandará o São Paulo no último jogo da temporada (Foto:Divulgação/SPFC)

Marcio Porto
06/12/2016
18:57
São Paulo (SP)

O São Paulo que enfrentará o Santa Cruz no próximo domingo no Pacaembu ainda não terá Rogério Ceni no banco de reservas, mas isso não quer dizer que ele não terá participação na montagem do time. Nesta terça-feira, o auxiliar e técnico interino Pintado disse que conversou com Ceni e que ele fez pedidos para o duelo.

- O que eu coloquei para o Rogério é que quero passar o máximo de informações, tudo que ele quiser, precisar de informação, qualquer dúvida ou análise, estou à disposição para ouvi-lo e fazer o que ele está pedindo. Ele fez alguns pedidos para esse jogo sim, é uma coisa particular nossa, quero reservar esse momento para a gente. Mas não tem muito do Rogério nessa equipe, ele não esteve aqui com a gente. Embora ele saiba tudo o que acontece aqui. Tem a observação, os olhos, para que ele possa acabar de decidir e tirar as conclusões - afirmou Pintado. 

Ceni ainda fará observações para a montagem do elenco para 2017. Carlinhos e Michel Bastos já foram dispensados do treino. A diretoria trabalha nos bastidores para trazer reforços. Segundo Pintado, a qualquer hora pode pintar uma boa notícia. E ele quer jogador com perfil vencedor.

- O que é muito importante para todos nós, independentemente do tamanho, da cor, da cor dos olhos, da força física, característica em campo, precisamos de profissionais que nos ajudem nesse desafio que é fazer do São Paulo novamente favorito em todas as competições que vai participar. Não são apenas nomes e posições, eu particularmente tenho buscado o máximo de informações até pessoais sobre todos os reforços que chegarão, é um trabalho meu. Não queremos o bonitinho, o bonzinho, queremos o profissional vencedor, com histórico de ganhar títulos, com dia a dia intenso. Que tenha essa fome de conquistar. Os profissionais que chegarão aqui terão essas características - declarou o auxiliar. 

Pintado ainda elogiou a comissão técnica montada por Ceni. O ex-goleiro terá a seu lado o assistente inglês Michael Beale, e o profissional de logística Charles Hembert, que é francês.

= É um momento muito especial para o futebol brasileiro, teremos dois profissionais europeus trabalhando no São Paulo. Eu pagaria para estar próximo e aprender com esses profissionais que estão chegando. Eu não os conheço pessoalmente, mas sabemos de tudo no futebol, são capazes e vão acrescentar muito. Existe um tempo de adaptação, isso é normal, o importante é que o São Paulo oferece todas as condições. Unindo forças, teremos uma comissão técnica muito capaz aqui, não tenho dúvida - disse Pintado.