Chávez - São Paulo

O 'Comandante' ficará no Tricolor por empréstimo de uma temporada (Foto: Divulgação/Prensa Boca Juniors)

LANCE!
21/07/2016
16:51
São Paulo (SP)

Andrés Chávez, aos 25 anos, tem como espelho para triunfar no São Paulo o amigo Jonathan Calleri, de 23. Os dois formaram dupla de ataque no Boca Juniors em 2014 e parte de 2015 e por pouco não se reencontraram no Tricolor. Jony agora está a caminho do West Ham (ING), enquanto o "Comandante" terá um ano para conquistar a torcida do clube paulista.

- Conversei com ele. O Calleri passou boas referências e disse que se sentiu muito bem no São Paulo. Ele foi bem recebido no clube, disse que foi lindo jogar no São Paulo e me incentivou ainda mais. Estou contente com isso. Oxalá eu consiga fazer o mesmo que ele fez em pouco tempo: gols. Atacante gosta de marcar gols, e é isso que irei buscar - disse Chávez, ao site oficial do Tricolor.

Calleri disputou 31 partidas e marcou 16 gols em cinco meses defendendo o São Paulo. O argentino foi fundamental na campanha que levou o time à semifinal da Copa Libertadores da América, competição da qual foi artilheiro com nove tentos. Edgardo Bauza, que havia indicado Jony, agora aposta em Chávez para melhorar o setor ofensivo da equipe.

- Estou muito contente de ter recebido o respaldo do Bauza, porque é um grande treinador e conhecido pelos seus feitos. Por onde ele passou, conquistou títulos e foi importante. E tenho certeza de que será assim no São Paulo também. Estou feliz pelo interesse dele em contar comigo, porque isso me dá mais gana de ir para o Brasil e corresponder. Oxalá eu possa ajudar a equipe e ganhar muitas coisas no clube - projetou, antes de prosseguir:

- Estou muito contente com a oportunidade de jogar no São Paulo, porque é um clube grande do Brasil. Estou motivado com esta nova etapa na minha vida, é um passo importante e vou tratar de fazer o meu melhor no clube para agarrar esta chance. Vou com gana para seguir crescendo na carreira e, assim, ajudar a equipe na busca por títulos. Que seja uma grande passagem, e eu possa representar a torcida em campo.