Newton

Newton do Chapéu lidera grupo de opositores que quer investigação da gestão Aidar no São Paulo (Foto: Divulgação)

LANCE!
29/01/2016
15:15
São Paulo (SP) 

A oposição do São Paulo entrou com um pedido de investigação no Ministério Público sobre o período em que Carlos Miguel Aidar esteve à frente da presidência tricolor. O ex-mandatário renunciou ao cargo em outubro do ano passado e recentemente foi denunciado por Ataíde Gil Guerreiro. O grupo de opositores tem como intuito investigar possível lavagem de dinheiro e outros crimes contra o clube do Morumbi. 

O documento foi enviado ao MP na última quinta-feira, conforme informou o UOL Esporte. A oposição é liderada por Newton Ferreira, mais conhecido como Newton do Chapéu, candidato à presidência nas últimas eleições. Ao todo, são 18 opositores, representados pelos advogados Marco Vinicio Petrelluzzi e Luiz Augusto Diniz Alonso. 

Diante do que considera uma "organização criminosa", os requerentes citam a namorada de Aidar, Cinira Maturana, a polêmica contratação do zagueiro Iago Maidana, além de gravações e emails divulgados pelo vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro.