LANCE!
22/12/2016
15:44
São Paulo (SP)

Nem bem foi anunciado como reforço, o atacante Neilton já virou alvo de uma polêmica no São Paulo. É que logo depois que a contratação foi oficializada, rodou na internet uma postagem dele no Twitter em que chamou o São Paulo de "lixo", há seis anos. A reação do jogador também foi rápida. Neilton apagou a conta e pediu desculpas no Instagram, outra rede social.

Em seu perfil oficial no Instagram, o atacante publicou uma foto com a camisa do São Paulo ao lado do pai quando era criança, acompanhada de uma longa mensagem comemorando a chegada ao Tricolor e pedido desculpas pela mensagem ofensiva.

"Estou muito feliz por chegar ao São Paulo. Vestir essa camisa me dá muito orgulho e também à minha família, que é toda são-paulina. Nessa foto, com sete anos, estou com meu pai com o uniforme do Tricolor. Aproveito para pedir desculpas pelo tweet que publiquei quando era ainda mais jovem. Na época eu era apenas um garoto que sonhava jogar futebol profissionalmente e defendia um clube rival. Foi um erro, que não representa o que pensava e muito menos o que penso hoje. Estou realizando um sonho pessoal e vou me dedicar sempre para honrar essa camisa e dar muitas alegrias aos torcedores", escreveu Neilton no Instagram.

A postagem ofensiva de Neilton datava de 16 de fevereiro de 2011, dia em que o São Paulo bateu o Treze-PB por 3 a 0 na estreia na Copa do Brasil. Na época, o atacante era da base do Santos e tinha 17 anos.

Vale lembrar que por uma situação semelhante o São Paulo cancelou em junho deste ano a contratação do atacante Getterson, depois de tê-la anunciado. Na época, circulou na internet postagens do jogador feitas em 2012, se declarando corintiano e se referindo ao Tricolor como "bambi", alcunha que a torcida considera pejorativa. Alegando que o atleta fez "postagens incompatíveis" com o clube, a diretoria do São Paulo decidiu suspender a contratação.  O jogador não conseguiu apagar a conta no Twitter porque não a usava desde 2013 e não tinha mais a senha. 

Neilton chegou do Cruzeiro em troca pelo volante Hudson. Os dois ficarão emprestados em 2017 e, ao término do período, os clubes podem exercer direito de compra.