Milton Cruz - São Paulo (Foto: Divulgação)

Milton Cruz comanda o São Paulo na reta final do Brasileiro (Foto: Divulgação)

LANCE!
20/11/2015
01:08
São Paulo (SP)

O vestiário do São Paulo foi só alegria após a vitória por 4 a 2 sobre o Atlético-MG, nesta quinta-feira, no Morumbi. Além do triunfo que recolocou a equipe no G4, contribuiu para o clima a presença do técnico Juan Carlos Osorio, atualmente no México. Osorio desembarcou no Brasil nesta quinta e a primeira coisa que fez foi entrar em contato com o coordenador técnico Milton Cruz, que comanda o Tricolor nesta reta final de Brasileiro. E, segundo Milton, o Profe se impressionou com a formação adotada para o confronto.

- Ele chegou hoje cedo, me ligou para dizer que tinha chegado e que iria ver o jogo. Aí falei para ele o que iria fazer com o time e ele falou: "Pô, tá atrevido ein?". Jogar com três volantes e Carlinhos e Bruno, coisa que ele não fazia, preferia laterais mais marcadores. Torci por ele também lá nesses jogos no México. Não só ele, mas o filho, a esposa. Eu sei que tem vários amigos torcendo por mim hoje e eu sei que eles são os meus amigos - afirmou o coordenador, feliz da vida com o triunfo.

Milton também respondeu se está evoluindo como treinador, após uma importante vitória contra o segundo colocado no Campeonato Brasileiro. Ele foi bem sucedido nas alterações, já que Alan Kardec marcou dois gols após entrar no lugar de Bruno e Rogério participou de dois gols após substituir Pato.


- Sempre trabalhei sozinho quando assumi, sempre tem pouco tempo e vou nas minhas intuições, estudo muito o adversário. O Atlético-MG gosto de ver jogar, dá prazer, assisto, também torço por um amigo, acompanho o Atlético, Eu tinha essa forma de jogar no começo do jogo. Já tinha em mente essas mudanças, com outras opções. Dei sorte também, os jogadores correram muito, às vezes a gente dá um pouco de sorte - analisou.

Agora, o interino já se volta para o duelo contra o Corinthians, no próximo domingo. Ele acredita que o São Paulo terá o reforço de Rogério Ceni, que se recupera de uma lesão no pé e não joga desde a semifinal da Copa do Brasil.

- Acho que deve está fazendo tratamento até agora (risos) , mas acredito ainda que ele tenha condição de jogar - disse Milton.