HOME - São Paulo x Trujillanos - Copa Libertadores - Michel Bastos e Calleri (Foto: Marcello Zambrana/AGIF/LANCE!Press

Michel Bastos comemora gol com Calleri na Libertadores (Foto: Mauro Horita)

LANCE!
14/04/2016
15:40
São Paulo (SP)

O meia Michel Bastos disse ter sido chamado de negro pelo argentino D'Alessandro, durante o confronto entre São Paulo x River Plate (ARG), nesta quarta-feira, no Morumbi. Os dois jogadores se envolveram em discussão no momento da confusão que originou a expulsão de Vangioni, que agrediu Calleri.

- Pegou um pouco pesado, mas acho que isso faz parte. Não vamos entrar em polêmica. Falou besteira. Eu me senti um pouquinho (ofendido). Não sei se "negro", para eles, é a mesma coisa de ser chamado de... Ele me chamou de negro - afirmou Michel, em entrevista ao Globo Esporte.

Na confusão, no segundo tempo, Michel discute por alguns minutos com o meia do River. Os dois chegam a se estranhar com mais força quando se aproximam e, aparentemente, D'Ale não gosta de algo que Michel diz e retruca. O meia são-paulino tenta, desde o início, separar a briga, em sua partida de número 100 pelo Tricolor Paulista.

- Estou muito feliz pela equipe ter vencido um jogo importante. Agora, dependemos apenas de nós para avançar. A torcida está de parabéns, porque lotou o Morumbi e nos apoiou do começo ao fim. Jogamos contra uma grande equipe. A nossa equipe tem encontrado uma forma de jogar, e temos colocado em prática tudo aquilo que o Bauza pede - destacou.

A partida ainda teve outra expulsão, do volante João Schmidt, que recebeu dois amarelos após faltas. A vitória por 2 a 1 deixa o São Paulo a um empate da classificação para as oitavas de final da Libertadores, na quinta-feira da semana que vem, contra o The Strongest, em La Paz.