icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/08/2015
18:12

O São Paulo terá uma novidade entre os relacionados para o primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, às 21h30 desta quinta-feira. Diante do Ceará, no Morumbi, o atacante Wilder Guisao ficará no banco de reservas, mas não esconde a ansiedade de defender o Tricolor pela primeira vez após ser emprestado pelo Toluca (MEX) há um mês.

- Estou com muita vontade de estrear pelo clube. Trabalhei muito e treinei em diversos períodos para ficar à disposição da equipe. Agora, estou preparado para tentar ajudar a equipe em busca da vitória - destacou o colombiano de 24 anos.

Wilder foi uma indicação do técnico Juan Carlos Osorio, com quem trabalhou por três anos no Atlético Nacional e conquistou seis títulos: Torneio Apertura (2013 e 2014), Torneio Finalización (2013), Copa da Colômbia (2012 e 2013) e Supercopa da Colômbia (2012). O treinador pediu o pupilo para cobrir a lacuna de atletas de velocidade no Tricolor, além de considerá-lo voluntarioso na marcação.

O atacante estava em pré-temporada no Toluca quando aceitou o empréstimo por um ano ao São Paulo e, por isso, demorou para ter a primeira chance entre os relacionados. A comissão técnica, no entanto, ainda trata com cautela a preparação do colombiano e Osorio já avisou que uma chance diante do Ceará só deve aparecer no decorrer da partida. Ainda assim, Wilder mantém o ânimo elevado.

- Todos me receberam bem e sempre me apoiaram desde o começo. Já posso dizer que estou me sentindo em casa, porque a ajuda dos meus companheiros no dia a dia me ajudou bastante. Já conheço eles melhor agora e sinto que estou formando uma família aqui, como eu tinha na Colômbia. Espero levar esta sintonia para dentro de campo e começar bem a minha trajetória no São Paulo - projetou.

O São Paulo terá uma novidade entre os relacionados para o primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, às 21h30 desta quinta-feira. Diante do Ceará, no Morumbi, o atacante Wilder Guisao ficará no banco de reservas, mas não esconde a ansiedade de defender o Tricolor pela primeira vez após ser emprestado pelo Toluca (MEX) há um mês.

- Estou com muita vontade de estrear pelo clube. Trabalhei muito e treinei em diversos períodos para ficar à disposição da equipe. Agora, estou preparado para tentar ajudar a equipe em busca da vitória - destacou o colombiano de 24 anos.

Wilder foi uma indicação do técnico Juan Carlos Osorio, com quem trabalhou por três anos no Atlético Nacional e conquistou seis títulos: Torneio Apertura (2013 e 2014), Torneio Finalización (2013), Copa da Colômbia (2012 e 2013) e Supercopa da Colômbia (2012). O treinador pediu o pupilo para cobrir a lacuna de atletas de velocidade no Tricolor, além de considerá-lo voluntarioso na marcação.

O atacante estava em pré-temporada no Toluca quando aceitou o empréstimo por um ano ao São Paulo e, por isso, demorou para ter a primeira chance entre os relacionados. A comissão técnica, no entanto, ainda trata com cautela a preparação do colombiano e Osorio já avisou que uma chance diante do Ceará só deve aparecer no decorrer da partida. Ainda assim, Wilder mantém o ânimo elevado.

- Todos me receberam bem e sempre me apoiaram desde o começo. Já posso dizer que estou me sentindo em casa, porque a ajuda dos meus companheiros no dia a dia me ajudou bastante. Já conheço eles melhor agora e sinto que estou formando uma família aqui, como eu tinha na Colômbia. Espero levar esta sintonia para dentro de campo e começar bem a minha trajetória no São Paulo - projetou.