Mena - São Paulo

Mena tem sido um dos jogadores mais regulares do São Paulo (Foto: Ale Cabral/Lancepress!)

LANCE!
02/11/2016
11:33
São Paulo (SP)

Poucas semanas atrás, o Cruzeiro pedia três milhões de euros (R$ 10,7 milhões) para liberar Eugenio Mena de vez para o São Paulo. O Tricolor logo esfriou a possibilidade de comprar o lateral-esquerdo, alegando que tem outras prioridades para investir na reformulação do elenco para 2017. Agora, porém, os paulistas tem um novo cenário para analisar: a redução pela metade dos valores pedidos pela Raposa e o desejo do chileno de ficar no Morumbi.

- Gostaria de continuar, gostei muito do clube, mas não falei com ninguém ainda. Estou pensando jogo a jogo para terminar bem esta temporada. Só vou pensar em 2017 quando acabar tudo isso aqui (risco de rebaixamento). Vamos esperar o fim do ano, vou fazer meu melhor trabalho - disse o camisa 21, que negou incômodo com a postura dos dirigentes tricolores:

- Se eles não quiserem ficar comigo, tudo bem. Eu gostaria de ficar e vou trabalhar forte todos os dias, sendo o primeiro a chegar se precisar, e espero as coisas se resolverem no fim do ano.

Mena tem sido um dos jogadores mais regulares do São Paulo na temporada. Nas últimas três partidas, justamente após as declarações do diretor-executivo Marco Aurélio Cunha, teve atuações de destaque e foi bastante elogiado por Ricardo Gomes. Para o técnico, o segundo tempo do lateral contra o Fluminense foi o melhor desempenho de um atleta sob seu comando no clube.

Agora, o chileno busca sua primeira vitória em um clássico pelo Tricolor, já que estava lesionado no único triunfo contra rivais neste ano - 1 a 0 sobre o Palmeiras no primeiro turno do Brasileirão. A última chance de Mena será sábado, às 19h30, contra o Corinthians, no Morumbi. Curiosamente, os alvinegros foram os primeiros adversários em um clássico do ala no ano, na derrota por 2 a 0 em Itaquera, pelo Campeonato Paulista.

- Vai ser muito difícil, mas temos que vencer. Será na nossa casa, com torcida única, então temos que superar tudo, ir para cima e conquistar os três pontos que precisamos. Temos que aproveitar todos fatores que podem nos ajudar. Se o Corinthians não está indo bem, temos que passar por cima de tudo, cada um fazendo seu melhor jogo para subir o nível do conjunto. É aproveitar tudo o que pudermos - pediu o defensor.

Confira outros trechos da entrevista coletiva de Mena:

Como está a ansiedade para chegar a 45 pontos e escapar do rebaixamento?

A gente está pensando em somar três pontos em todo jogo, mas é claro que essa marca nos deixaria mais tranquilos. Com 45 a gente fica livre da zona. Temos que ir jogo a jogo, começando pelo clássico, quando vamos precisar sair para a vitória e fazer um belo jogo. 

Precisando de apenas uma vitória já dá para ficar tranquilo?
Não podemos ficar tranquilos, temos um clássico que precisamos ganhar e depois um duelo com o Grêmio, que é muito forte. Temos que chegar na classificação mais alta possível, porque o São Paulo não pode ficar na situação em que está. Precisamos ganhar um clássico, então é preciso sair para o ataque e buscar a vitória.

O que pensa sobre a diretoria tratar Michel Bastos já como fora dos planos do clube? Pode atrapalhar o ambiente?
Não conversei e não ouvi nada sobre ele, mas de fato perdemos um jogador importante no elenco, que ajudava com sua experiência. Não sabia disso (que o meia não faz mais parte dos planos do clube).