Mena

O chileno Eugenio Mena tem 29 partidas com a camisa do São Paulo (Foto: Angelo Martins)

LANCE!
11/08/2016
18:35
São Paulo (SP)

De maneira bem mais comedida que os volantes João Schmidt e Thiago Mendes, o chileno Eugenio Mena foi mais um a analisar o início do trabalho de André Jardine à frente do São Paulo. O lateral-esquerdo destacou o desejo do técnico interino em fazer o Tricolor ser um time mais ousado a partir de agora, característica diferente da que era buscada por Edgardo Bauza.

- Ele tem o direito de mudar o esquema. É a ideia dele, é o que gosta de implementar. São dois treinadores de diferentes dinâmicas. Jardine vem trabalhando bastante bem e forte para o grupo assimilar rápido. É um bom treinador que tenta fazer o time jogar para frente e está muito motivado a continuar este trabalho - analisou o defensor.

Para Mena, no entanto, de nada adiantará a empolgação pela mudança de estilo de jogo se o São Paulo não voltar a vencer em casa. No Campeonato Brasileiro, a equipe perdeu para o Atlético-MG por 2 a 1 e empatou com a Chapecoense em 2 a 2 nas últimas partidas no Morumbi e terá a chance de encerrar o jejum diante do Botafogo, às 16h15 de domingo.

- A gente sabe que perdeu muitos pontos em casa e que é preciso recuperar isso rapidamente. Vencer no domingo vai ajudar muito na briga pelo G4 (está seis pontos abaixo). Já assistimos alguns vídeos e o Jardine explicou como o Botafogo está jogando. Não podemos ser surpreendidos - alertou.

Além de Galo e Chape, o São Paulo perdeu pontos para Internacional (1x2), Atlético-PR (1x2) e Sport (0x0) no Morumbi. O prejuízo é de 13 pontos, maior do que em toda a campanha do Brasileirão do ano passado, em que a equipe foi derrotada em casa apenas uma vez (3 a 0 para o Goias).