Marco Aurelio Cunha (Foto:Angelo Martins/Lance!Press)

Marco Aurélio Cunha falou sobre reforços (Foto:Angelo Martins/Lance!Press)

LANCE!
23/10/2016
07:30
São Paulo (SP)

O diretor-executivo do São Paulo, Marco Aurélio Cunha, admite que o elenco precisa de reforços para a próxima temporada. O dirigente afirmou que o clube observa cerca de 20 jogadores e tenta viabilizar as contratações.

- O mercado está ai, não podemos ignorar jogadores como o Keno, que o Palmeiras trouxe, e todos os outros jogadores que estão em via de encerrar o contrato, tem uma grande performance nas suas equipes, estão no radar do São Paulo. Viabiliza-los é um outro caminho, muito mais duro, mas não podemos ignorar quem joga bem. Estamos olhando, o que não quer dizer que o São Paulo vai contratar todo mundo. Mas alguns, dois ou três, o São Paulo tem o dever de trazer. Vai ter concorrência e dificuldades, mas são jogadores que talvez encaixem bem no São Paulo. Há muitos, uns 20, e vamos ver qual podemos trazer - afirmou.

Marco Aurélio Cunha também analisou as carências no elenco. Para o dirigente, o São Paulo precisa de reforços para o setor ofensivo, já que perdeu jogadores de meio de campo e ataque recentemente.

- Perdemos Ganso e Calleri, vendemos o Kieza que veio e saiu, Centurión foi embora, o Kardec foi vendido também, e o Rogério foi para o Sport. Óbvio que é isso (jogadores de meio e ataque) que está precisando. Por outro lado, temos o Pedro, que pode ser uma grande surpresa, temos o João Schmidt, volante canhoto como não há no futebol brasileiro. Então temos que valorizar um pouco a casa e não imaginar que tudo que é bom está fora do São Paulo .

O dirigente ainda afirmou que tem consultado a comissão técnica atual e outros atletas sobre os possíveis reforços. Por outro lado, ele não garantiu a permanência de Ricardo Gomes.

- A gente ouve a comissão técnica. Eles também veem futebol e conhecem jogadores, então juntamos nosso conhecimentos e relações pessoais. É uma rede de influências que não se pode ignorar. É uma comissão correta, competente e que conhece futebol. Eu telefone para os ex-atletas que estão em outros clubes, busco informações. Informações valem mais que dinheiro às vezes - disse Marco Aurélio, que negou ter consultado também o ex-goleiro Rogério Ceni, que pode assumir o comando da equipe em 2017.

- Não tive oportunidade de conversar com Rogério sobre isso, porque ele está muito focado na sua formação. É um momento pessoal, não cabe perguntar isso ao Rogério porque não é o atual foco dele - declarou.