Maicon defende Michel Bastos
LANCE!
31/03/2016
11:57
São Paulo (SP)

Apesar de estar há pouco tempo no São Paulo, o zagueiro Maicon já se estabelece como um dos líderes do elenco. Nesta quinta-feira, por exemplo, o defensor mais uma vez aproveitou entrevista coletiva no CT da Barra Funda para fazer cobranças e demonstrar apoio aos companheiros, principalmente a Michel Bastos, perseguido pela torcida e disposto até a deixar o clube.

- Vejo Michel como um exemplo, sempre trabalhando e disposto. Correu, batalhou, voltou de lesão, pediu para não sair e fez uma grande partida. A meu ver ele sofreu falta no lance do gol deles. Quando a torcida pega no pé só de um jogador, ele fica incomodado. Ele não joga sozinho. Se tem culpado, são todos. Ele tem nosso apoio e nossa confiança, não tem culpa. Má fase é do grupo. Ele tem extrema qualidade e pode ajudar muito - defendeu.

Há duas semanas, Maicon havia cobrado mais entrega e concentração da equipe. Depois de dois empates e uma vitória, o zagueiro reconhece a mudança de postura dos colegas, mas agora quer vê-los trabalhando mais e falando menos. Só com os treinos, segundo o defensor, será possível corrigir o principal defeito do time no ano: a falta de gols.

- O São Paulo não pode ficar cinco jogos sem perder, mas só com uma vitória. Tem que vencer. Temos chances de matar o jogo e não fazemos. Aí o Linense acerta um chute de longe e a gente teve que correr atrás mais uma vez. Falta eficácia, tem que concretizar as chances. E falta sorte, mas ela só vem com trabalho. Hora de falar menos e trabalhar mais - pediu, antes de prosseguir:

- Bom seria se estivéssemos na liderança do Paulista e da Libertadores. A maioria do plantel acha isso também. Cabe a nós lutar e trabalhar para colocar o São Paulo na ponta. Não estou satisfeito com nossa situação, com nossos jogos. Quem entra em campo são os jogadores, que estão dando o máximo. Ontem (quarta-feira) corremos até o final com um a menos e conseguimos o empate em 1 a 1. A sorte ainda vai mudar para o nosso lado.

A chance de recuperação para o São Paulo virá no sábado, às 18h30, contra o Oeste. A partida da 14ª rodada do Campeonato Paulista marcará o retorno do time ao Morumbi após quatro meses. O Tricolor de Edgardo Bauza tem 19 pontos na vice-liderança do Grupo C, que tem o Osasco Audax na primeira posição, com dois pontos a mais do que os são-paulinos.