Lugano - Coletiva de Imprensa do São Paulo

Lugano em coletiva de Imprensa do São Paulo (Foto: Daniel Vorley/AGIF/Lancepress!)

LANCE!
19/02/2016
16:33
São Paulo (SP)

Depois de perder por 1 a 0 para o The Strongest (BOL) no Pacaembu, o São Paulo pode chegar à última rodada da fase de grupos da Libertadores, contra o mesmo rival, em La Paz, tendo que vencer para seguir adiante. Se isso acontecer, a missão é praticamente impossível. Pelo menos para o zagueiro Lugano, que deu nesta sexta-feira um panorama interessante da dificuldade de jogar na capital boliviana.

- É mais fácil recuperar os três pontos no Santiago Bernabéu (estádio do Real Madrid, da Espanha) do que em La Paz - disparou o experiente uruguaio, campeão da Libertadores em 2005 pelo São Paulo.

Lugano foi além. Disse que os adversários de outros países sul-americanos já não veem o futebol brasileiro um bicho-papão como outrora.

- Acho que isso é uma auto-crítica que o Brasil está se fazendo, acho que obviamente teve uma queda, era impensável que nas últimas Libertadores não fosse à final. Os times estrangeiros não respeitam tanto os brasileiros quando vão jogar. Antes cagavam de medo de ir ao Morumbi, Pacaembu, agora não é mais assim - afirmou o zagueiro.

Além do The Strongest, o São Paulo tem o atual campeão River Plate (ARG) e Trujillanos (VEN) como adversário no grupo 1 da Libertadores. A equipe volta a campo no próximo dia 10, contra o River, em Buenos Aires.