Carlinhos - São Paulo (Foto: Maurício Rummens/Fotoarena/Lancepress!)

Carlinhos, durante treino do São Paulo (Foto: Maurício Rummens/Fotoarena/Lancepress!)

Marcio Porto
27/04/2016
07:30
São Paulo (SP)

O técnico Edgardo Bauza terá de disputar as oitavas de finais da Libertadores, contra o Toluca (MEX), sem o reforço dos jogadores que estão no departamento médico. Dos machucados, apenas o lateral-esquerdo Carlinhos tem chance remota de jogar o duelo de volta, quarta-feira que vem, no México.

Carlinhos está em reta final de recuperação de um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda. Ele se machucou no dia 30 de março, no empate com o Linense, pelo Campeonato Paulista, e desde então ficou fora de seis jogos.

Nos últimos dias, Carlinhos tem feito trabalho de transição para o campo acompanhado do fisioterapeuta Ricardo Sasaki, mas ainda não treinou com todo o grupo. Existe uma possibilidade de ele ficar à disposição para o jogo no México.

Por outro lado, os problemas de Bauza são muitos: Breno, Lugano, João Schmidt, , Daniel e Rogério também estão machucados. Em todos os casos, o departamento médico do Tricolor nem estipula prazo.

Titular de Bauza até se machucar contra o River Plate (ARG), no Morumbi, no último dia 13, João Schmidt ainda se recupera de uma entorse no joelho direito. Tem feito trabalho de fisioterapia e só deve ser reforço se o time for às quartas.

Situação parecida tem Lugano e Rogério. O uruguaio sofreu estiramento muscular na coxa direita nas quartas de final do Paulista, contra o Osasco Audax, e deve ficar pelo menos mais duas semanas fora. Rogério foi relacionado a última vez contra o River Plate, no Morumbi.

Breno e Daniel têm problemas no joelho direito. O zagueiro jogou só duas partidas este ano. Já o meia se machucou na última rodada da primeira fase do Paulista, no dia 10 de março. São caos mais complicados.