Lucas Fernandes - São Paulo

Lucas posa para foto enquanto faz tratamento no Reffis do CT da Barra Funda (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

LANCE!
30/06/2016
19:47
São Paulo (SP)

O Reffis do CT da Barra Funda recebeu mais um paciente nesta quinta-feira. Mas, desta vez, não é nenhuma lesão nova no São Paulo. O garoto Lucas Fernandes, de 18 anos, foi recebido pelos fisioterapeutas do clube duas semanas após operar o joelho esquerdo para corrigir ruptura do ligamento cruzado anterior, sofrida em treino no início de junho.

- Estou muito feliz em poder voltar para a minha casa, porque me sinto muito bem no CT. Poder iniciar o tratamento no Reffis representa bastante, porque isso mostra que avancei no meu primeiro estágio na recuperação. Sei que estou em boas mãos, com excelentes profissionais e agora quero evoluir cada vez mais. Vou trabalhar duro, aqui, para ficar bem novamente - destacou a joia.

A lesão aconteceu em lance casual de um treinamento, que já estava em seus minutos finais. Lucas recebia a ajuda de Luiz Araújo para tentar desarmar o atacante Pedro, do sub-20, quando levou trombada e soltou o peso do corpo sobre o joelho esquerdo. Dois dias depois, em 16 de junho, ele foi operado pelo cirurgião René Abdalla no Instituto do Joelho do HCor.

O processo de recuperação começou na casa do atleta, natural de São José dos Campos. Os primeiros dias de fisioterapia causam forte inchaço no local da cirurgia, o que torna o tempo de repouso necessário maior. Agora, as sessões serão realizadas em dois períodos no Reffis e o meia, com 16 jogos e um gol pelo profissional, só deve voltar a atuar na próxima temporada.

Em situação semelhante, estão em tratamento o zagueiro Breno e o volante Wellington - este tem chances remotas de jogar ainda em 2016. Com problemas musculares, trabalham o volante Hudson e o meia Paulo Henrique Ganso. O primeiro ainda tem esperanças de encarar o Atlético Nacional (COL) na quarta-feira, na primeira semifinal da Copa Libertadores da América, enquanto o Maestro corre contra o tempo para ter condições de encarar, ao menos, uma possível decisão do torneio.