Campeonato Paulista - Corinthians x São Paulo (foto:Miguel Schincariol/LANCE!Press)

Michel Bastos divide com Fagner em Itaquera: meia defendeu Lucão (foto:Miguel Schincariol/LANCE!Press)

LANCE!
14/02/2016
19:36
São Paulo (SP)

Lucão saiu de Itaquera como o vilão na derrota do São Paulo para o Corinthians, por 2 a 0. Depois de entregar de presente a bola para Lucca abrir o placar no Majestoso, ele deixou Yago subir livre e definir o placar do clássico deste domingo. Ainda assim, os jogadores do Tricolor fizeram questão de defender o camisa 4, que na saída para o intervalo se desculpou com a torcida.

- Fui recuar a bola para o Denis e quando eu vi ele estava muito em cima de mim. Peço desculpas para o torcedor por algumas falhas cometidas - falou o jogador, que na saída do estádio não quis dar entrevistas.


Denis disse que chegou a tentar falar com o zagueiro antes da bola recuada de forma atrapalhada por ele. De acordo com o camisa 1, as quase 37 mil pessoas que estavam na Arena Corinthians atrapalharam a comunicação.

- Não estou aqui para apontar erro de ninguém. Eu gritei, porque vi que o jogador do Corinthians virou de costas e que não teria perigo nenhum ali, acho que ele não ouviu, mas é difícil a comunicação com estádio lotado e ele tocou dentro da área. Não tem que colocar culpa em ninguém, temos que trabalhar para não errar mais - afirmou o goleiro.

Já criticado pela torcida são-paulina, Lucão ainda recebeu apoio do atual capitão da equipe, Michel Bastos. Para o camisa 7, não é o momento de apontar erros individuais.

- Na derrota não é um que perde. É o grupo, não podemos culpar um ou outro, mas sabemos que hoje os detalhes fizeram a diferença. No segundo tempo, eles chegaram um pouco, num descuido fizeram o gol - completou Michel, lembrando do lance em que Ganso não conseguiu afastar antes de Yago testar no ângulo esquerdo.