LANCE!
12/08/2017
16:32
São Paulo (SP)

O discurso de que "time grande não cai", cantado muitas vezes até pela torcida do São Paulo, não existe para o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. O dirigente confia que a equipe de Dorival Júnior evite o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, mas, em caso de insucesso, já pede para que as arquibancadas do Morumbi continuem lotadas.

- Espero que não aconteça. Se cair, na verdade, vou ter que, primeiro, lamber as feridas, enxugar as lágrimas, porque será muito doloroso. Se cair, conto com um fator fundamental para a grandeza do São Paulo, que é a sua torcida. Essa torcida maravilhosa que está nos abraçando. Isso é fundamental: que o nosso torcedor não abandone o São Paulo em nenhum momento - disse Leco à TV Globo.

Os torcedores têm aparecido neste momento de crise. Nos dois últimos jogos no Morumbi, o Tricolor quebrou os recordes de público no Campeonato Brasileiro deste ano e, contra o Cruzeiro, neste domingo, todos os ingressos já estão esgotados. E a confiança do mandatário está nessa força e no time, não na repetida frase de que clube grande não vai para a Série B.

- Essa coisa de time grande não cai é um mantra que se lançou, mas tenho uma grande preocupação, porque time grande cai. O Corinthians caiu, o Inter, o Palmeiras, o Vasco, o Atlético-MG, o Grêmio... O São Paulo não é maior do que nenhum desses outros clubes - ressaltou Leco.

O time comandado por Dorival Júnior terminou o primeiro turno com 19 pontos conquistados em 19 rodadas, culminando na zona de rebaixamento, na 17ª posição. Mas Leco acredita que a segunda metade do torneio nacional terá um desempenho são-paulino bem superior.

- Confio, sim, que vamos conseguir sai dessa situação incômoda e delicada que tanto vem entristecendo toda a coletividade são-paulina. Temos agora todo um turno, 19 jogos para recuperar isso. O São Paulo tem, sim, qualidade e condições de conseguir isso.