São Paulo x Corinthians

Kelvin corre para comemorar com Cueva e Chavez o primeiro gol tricolor (Foto: Mauro Horita/AGIF/Lancepress!)

LANCE!
06/11/2016
13:55
São Paulo (SP)

A noite do último sábado foi especial para o São Paulo com a goleada por 4 a 0 sobre o Corinthians. Mas o clássico da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro também trouxe preocupações para o Tricolor. O atacante Kelvin, que sofreu o pênalti do primeiro gol, deixou a partida ainda no primeiro tempo devido a dores na coxa esquerda e torce para que o Majestoso não tenha sido seu último jogo no clube.

O temor existe porque resta menos de um mês para o fim da temporada - o último jogo do Brasileirão está previsto para 4 de dezembro, contra o Santa Cruz, e o empréstimo do Porto (POR) termina no dia 31, também de dezembro. Kelvin acredita que o problema no músculo posterior da coxa esquerda não foi tão grave, mas está consciente de que o tempo de recuperação é curto.

- Espero que não (tenha sido a despedida). E que não seja nada grave. Foi uma fisgada. Fui correr, inclusive na hora do pênalti, e senti, mas não foi igual da última vez em que senti (ficou mais de um mês parado antes da semifinal da Libertadores). E queria ficar. Estou adaptado. O São Paulo me acolheu de braços abertos. Me sinto em casa. Mas tenho contrato no Porto, amigos por lá e a possibilidade de jogar - afirmou o camisa 30.

O desejo de Kelvin de permanecer no Morumbi já foi comunicado aos empresários do grupo de Carlos Leite e também à diretoria são-paulina. O Tricolor, então, fez consultas ao Porto, mas se assustou. Os valores pedidos estão muito acima da realidade do clube e as chances de um novo empréstimo acontecer são mínimas.

Enquanto isso, o técnico Ricardo Gomes precisa decidir quem será o novo titular da ponta esquerda. Nos últimos jogos, o garoto Luiz Araújo, de 20 anos, é quem tem substituído Kelvin e pode ganhar chance de formar o trio de ataque com o também jovem David Neres e o argentino Chavez.