William Correia
22/10/2017
21:19
São Paulo (SP)

Os jogadores do São Paulo deixaram o Pacaembu pouco falando sobre a vitória por 2 a 0 sobre o Flamengo, que fez o time abrir distância da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O foco dos atletas era na mudança de postura em relação à apática atuação na derrota de quarta-feira, para o Fluminense. E a promessa é de que a oscilação vai diminuir.

- O time precisava dessa vitória. Mas estamos focados. Não cometeremos mais o erro de jogar bem uma e ir muito abaixo na outra. O Dorival tem cobrado muito para não oscilarmos tanto. É mais uma semana para trabalhar firme e jogar bem o próximo jogo - comentou o goleiro Sidão.

- Essa vitória tem uma importância enorme. Depois desse último jogo, o time sentiu bastante, porque entramos de uma maneira que não era para ter entrado e perdemos um jogo-chave contra o Fluminense. Mas fizemos um grande jogo contra o Flamengo. O maior desafio é manter a pegada - concordou Marcos Guilherme.

A conversa entre os jogadores é para que a postura não altere, pois só assim o Tricolor conseguirá eliminar de vez qualquer risco de jogar a Série B em 2018. A próxima partida será no Pacaembu, contra o Santos, no domingo, mas já são realizados ajustes pensando em compromissos fora de casa, pois só uma sequência de vitórias tirará o clube do perigo do rebaixamento.

- A gente tem se cobrado muito pra manter a intensidade e o ritmo, mas infelizmente fora de casa os adversários se expõe, jogam mais ofensivo. A gente acaba se preocupando mais em defender e ficamos muito recuados e isso faz com que o adversário crie muita oportunidade. Mas o professor está trabalhando para que a gente possa melhorar isso - contou Sidão.