Bruno Grossi
20/11/2016
21:22
São Paulo (SP)

A melancólica temporada do São Paulo caminha para ter um fim morno e de indignação da torcida. Depois de chegar até a sonhar com uma improvável vaga no G6, o Tricolor tropeçou mais uma vez no Campeonato Brasileiro ao ser derrotado sem dificuldades pela Chapecoense neste domingo, na Arena Condá, por 2 a 0.

O time, já cheio de limitações ofensivas, com o quarto pior ataque da Série A, não pôde contar com o artilheiro Chavez. Assim, o velho pesadelo dos gols perdidos foi intensificado na 36ª rodada. O esforçado Pedro não conseguia nem sequer prender a bola no ataque no primeiro tempo. Gilberto, lançado na vaga do garoto no intervalo, foi pouco notado.


Era possível, no entanto, ter esperança na defesa. Se David Neres e Robson desperdiçavam oportunidades claras, Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Mena estariam lá prontos para proteger Denis, certo? Bom, só até 39 minutos da primeira etapa, quando o sistema defensivo de desorganizou ao tentar preencher espaço deixado no meio e nas pontas.

O lateral-esquerdo Dener apareceu sozinho para bater forte e contar com grande contribuição de Denis, que espalmou errado e mandou a bola para dentro do gol. A gota d'água para que o time ficasse ainda mais bagunçado e vulnerável para Thiaguinho acreditar (ou duvidar de Denis) e soltar pancada para ampliar a vantagem catarinense.

Com Gilberto, Jean Carlos e Daniel como "soluções", o São Paulo só ameaçou reagir quando Mena e Buffarini mostravam vitalidade para ir à linha de fundo. Muito pouco, como a campanha de 46 pontos no Brasileirão. Duvida? A Chapecoense já tem 52 pontos, sonha com G6 e, na quarta-feira, tem semifinal da Copa Sul-Americana contra o San Lorezno (ARG) a disputar. O Tricolor voltará a campo no domingo, quando encara o Atlético-MG, no Independência. 

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 2 X 0 SÃO PAULO


Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
​Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Auxiliares: Leirson P. Martins e Mauricio Coelho S. Pena (ambos do RS)
Público/renda: 8.163 torcedores / R$ 122.910,00
Cartões amarelos: Neto (Chapecoense); João Schmidt (São Paulo)
Gols: Dener Assunção, 39'/1ºT (1-0) e Thiaguinho, 46'/1ºT (2-0)

CHAPECOENSE: Danilo, Caramelo, Thiego, Neto e Dener Assunção; Josimar, Matheus Biteco (Arthur Maia - 30'/2ºT), Cleber Santana (Gil - 17'/2ºT) e Thiaguinho (Ananias - 17'/2ºT); Lucas Gomes e Bruno Rangel. Técnico: Caio Júnior.

SÃO PAULO: Denis, Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; João Schmidt, Thiago Mendes e Cueva; David Neres (Daniel - 35'/2ºT), Robson (Jean Carlos - 19'/2ºT) e Pedro (Gilberto - intervalo). Técnico: Ricardo Gomes.