Hudson - São Paulo

Hudson, volante do São Paulo  (Foto: Angelo Martins)

Marcio Porto
23/08/2016
13:13
São Paulo (SP)

Apesar da campanha ruim no Campeonato Brasileiro, em que ocupa a 11ª colocação com 27 pontos, o São Paulo vai com tudo na disputa da Copa do Brasil. O Tricolor estreia na competição nesta quarta-feira, contra o Juventude, no Morumbi, e para o volante Hudson a mentalidade é de Copa do Mundo. Trata-se, segundo ele, da única chance de título do time no ano.

- Sinceramente, a Copa do Brasil para a gente é a Copa do Mundo. No Brasileiro a gente vem muito irregular, precisamos fazer uma campanha de retomada de pontos. A Copa do Brasil é a chance de título. E nos apoiamos nisso, porque na Libertadores fomos bem no mata-mata e a gente acredita que pode ser bom para a gente - afirmou o jogador, nesta terça-feira, em entrevista coletiva.

A esperança de Hudson reside no comportamento do time na Libertadores, da qual o São Paulo foi semifinalista, sendo eliminado para o campeão Atlético Nacional (COL). O jogador esperança que, assim como na competição sul-americana, a torcida seja um arma do time no Morumbi.

- A torcida fez a diferença esse ano na Libertadores. A gente viveu um momento de dúvida e eles empurraram a gente, crescemos na competição. A gente está devendo no Brasileiro, sabemos, mas contamos com o apoio deles na Copa do Brasil e no Brasileiro. Para a gente é muito importante essa força - frisou Hudson.

Hudson não soube dizer por que o São Paulo foi tão bem na Libertadores e agora cai pelas tabelas no Campeonato Brasileiro. Ele fez críticas incisivas ao desempenho do time e espera melhora imediata.

- Difícil dizer porque nossa equipe encarou de uma maneira a Libertadores e não está conseguindo manter no Brasileiro. Tudo bem que a Libertadores tem todo um clima diferente, todo clube brasileiro se doa o máximo. Mas acho que é inaceitável uma equipe oscilar tanto como a gente. Temos falado disso - declarou o volante, que não vê o São Paulo como favorito diante do Juventude.

- Não tem favoritismo. É mata-mata. Já foi comprovado várias vezes que não tem isso, esse lance de soberba. Por mais que a gente esteja na Série A e eles na C.

São Paulo e Juventude começam a se enfrentar nesta quarta-feira, às 21h45, no Morumbi. A partida de volta será no dia 21 de setembro, em Caxias do Sul.