Bruno Grossi e Marcio Porto
12/05/2016
00:22
São Paulo (SP)

Logo após o gol do São Paulo, aos 35 minutos do segundo tempo, uma grade de proteção de um dos camarotes do Morumbi, dedicado a sócios-torcedores e convidados do clube, localizado no primeiro anel de arquibancadas, não suportou o peso do amontoado de torcedores durante a comemoração e acabou cedendo. Ao lado, estava o camarote de parceiros da Conmebol.

Ao todo, 25 tricolores caíram, com 16 feridos, de acordo com o clube. Nove foram levados ao ambulatório do estádio para receberem os primeiros socorros. Já outros sete são-paulinos que precisaram de atendimentos mais específicos foram retirados em ambulâncias e transportados para três hospitais na região do estádio. Não há risco de morte.

Algumas pessoas caíram e não se machucaram, mas saíram correndo pelo campo e só encontraram os parentes e amigos somente depois do apito final. Apesar das imagens fortes, a lesão mais grave registrada foi a de uma torcedora que sofreu uma fratura no braço. A moça também foi levada a um dos hospitais. O segundo caso grave é de um rapaz com dores torácicas e dificuldade para respirar.

Outro registro de ferimento foi o de um garoto que sofreu um corte profundo no rosto e foi transportado pelo próprio pai ao Hospital São Luiz. José Francisco Manssur, vice de comunicação e marketing do clube, fez pronunciamento sobre o acidente e disse que o São Paulo não vai se omitir no amparo às vítimas.

- Ajudaremos as famílias com burocracia e outros trâmites. Vamos dar todo auxílio. O São Paulo não vai se esconder. Observamos quem tinha convênio, onde poderiam ser atendidos e mandamos funcionários e até diretores para resolver - relatou o cartola.

A queda não causou vítimas mais graves justamente pelo fato de a altura do camarote para o solo não ser tão expressiva - cerca de três metros. A área foi isolada pelos policiais militares logo após o término da partida e seguranças não permitiram a entrada da imprensa. Por outro camarote, porém, foi possível ver o estrago. Oito módulos de grade desabaram e foram analisados por peritos por volta da 1h30 da manhã.

O acidente manchou a festa do São Paulo pela vitória por 1 a 0 no jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores da América. Os jogadores pareciam aflitos na saída do Morumbi, que recebeu o maior público do Brasil no ano: 61.297 presentes. É a terceira vez que o clube bate o recorde em 2016.

Morumbi - acidente
Registro do local do acidente logo após o término da partida no Morumbi (Foto: Bruno Grossi)