Ricardo Gomes - São Paulo

Treinador completou 18 partidas desde seu retorno ao Tricolor (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

LANCE!
20/11/2016
22:00
São Paulo (SP)

Ricardo Gomes costuma ver o "copo meio cheio" e encontrar virtudes até mesmo em derrotas do São Paulo. Os 2 a 0 sofridos para a Chapecoense neste domingo, entretanto, fizeram o discurso do treinador ser mais duro do que o usual. Principalmente quando o assunto é a quantidade de chances desperdiçadas pela equipe.

- Começamos bem, perdemos chances e fomos castigados com os gols. Eles dominaram só no fim do primeiro tempo, com os gols. Nosso time se perdeu um pouco, mas voltou melhor, com toque de bola no segundo tempo, mas novamente não convertemos. Isso é preocupante. Não adianta ter volume e não fazer gols - criticou o técnico.


No primeiro tempo, Pedro, David Neres e Robson tiveram as melhores chances de marcar, mas foi a Chape quem foi às redes, com Dener e Thiaguinho. Já na etapa final, Gilberto, por duas vezes, Thiago Mendes, de novo Neres e Jean Carlos também desperdiçaram boas oportunidades.  Ricardo, porém, acredita que não é necessária uma reformulação tão grande para que os problemas sejam amenizados na próxima temporada.

- Não faltou equilíbrio, faltou conclusão. Transformar o volume em gols. Não precisa de muitas peças, apenas algumas. Reforços podem fazer o time ter um 2017 melhor. Queremos acabar o ano na melhor classificação. Tentamos, finalizamos, mas não convertemos. Quando cheguei, senti a ressaca da Libertadores. Depois, fizemos boas partidas e outras não, como hoje (domingo) - ponderou o comandante são-paulino.

O próximo compromisso do Tricolor é domingo, às 17h, contra o Atlético-MG. A partida está marcada para o Independência, em Belo Horizonte.