Libertadores - São Paulo x Trujillanos (foto:Mauro Horita/LANCE!Press)

Mudanças de postura deu certo, e São Paulo venceu o Trujillanos por 6 a 0  (Foto: Mauro Horita/LANCE!Press)

LANCE!
06/04/2016
00:33
São Paulo (SP)

A goleada por 6 a 0 não ilude o técnico do São Paulo, Edgardo Bauza. O argentino sabe que terá pela frente adversários mais duros do que o o venezuelano Trujillanos. Mesmo assim, a goleada no Morumbi serviu para o treinador, enfim, ficar satisfeito com a atuação do time durante os 90 minutos, principalmente no que diz respeito à pressão inicial do Tricolor. 

- Sempre começamos a partida com ideia de dar ritmo ao jogo, o mais alto possível, isso fez com que conseguíssemos dois gols rápidos, isso impossibilitou também o jogo do adversário. Sustentamos a pressão durante todo o jogo, o rival tratou de jogar junto, pressionar um pouco mais acima, mas a boa circulação da bola os impediu. Fico com uma boa atuação do São Paulo, que aproveitou bem as chances - disse o argentino, para logo completar: 

- Não podemos confundir o 6 a 0, vamos encontrar equipes com mais solidez. Jogamos bem e podemos marcar seis gols, buscamos, a pressão foi importante, provocou erros. Não me iludem esses seis gols. Domingo temos jogo difícil, vamos encontrar poucas facilidades. Os seis gols são bons, é bom para o ânimo, jogadores felizes, amanhã estarão livres. O primeiro dia livre depois de seis meses.

Já classificado às quartas de final do Campeonato Paulista, o São Paulo terá que ''virar a chave'' e esquecer um pouco da Libertadores para enfrentar o São Bento no próximo domingo, fora de casa. Patón já adiantou que deverá poupar vários jogadores para o confronto. 

- Não sei se é o melhor São Paulo, depende de como estão os atletas, sempre trato de armar o melhor time de acordo com a parte física, é difícil que essa escalação se repita isso para domingo, temos que pensar no River Plate. Vamos mudar bastante domingo, mesmo querendo ganhar. Não posso assegurar que esse é o time ideal, estamos jogando boas partidas - completou o treinador. 

A situação do grupo 1 da Copa Libertadores segue indefinida. River Plate e The Strongest se enfrentam nesta quarta-feira, na Argentina. Uma vitória dos colombianos seria mais vantajosa para o São Paulo, já que a equipe de Buenos Aires está com os mesmos cinco pontos na tabela. Bauza, porém, quer apenas fazer ''o dever de casa''. 

Acredito que River não passa um grande momento no campeonato local, mas creio que será uma partida importante para River e vai ganhar. É uma equipe que como visitante se defende muito bem. River não está bem desde outubro. Para classificar, temos que ganhar do River e buscar empate ou vitória em La Paz