Gilberto - São Paulo

Atacante Gilberto marcou três gols em jogo-treino nesta segunda-feira (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Marcio Porto
19/09/2016
18:21
São Paulo (SP)

O São Paulo se apresentou nesta segunda-feira após a derrota para o Atlético-PR e teve no centroavante Gilberto um dos destaques. Em jogo-treino contra o Nacional, o atacante marcou quatro vezes e o time formado só por jogadores que vêm sendo reservas goleou por 6 a 1. A atividade teve dois tempos e o técnico Ricardo Gomes conseguiu fazer importantes observações.

Além do oportunismo de Gilberto, dois garotos se destacaram: Luiz Araújo e David Neres, de 19 anos. Os atacantes que atuaram pelas pontas no time Sub-20 campeão de tudo entre 2015 e 2016 incomodaram os adversários. Neres, principalmente. Ele entrou no segundo tempo e foi figura importante para a superioridade tricolor. Sempre arrojado, partiu para cima, cavou quatro faltas e fechou o placar no último lance da atividade - João Schmidt fez o outro gol do São Paulo. Araújo também foi participativo.

No primeiro tempo, Ricardo armou o time com Leo, Bruno, Lyanco, Lugano e Carlinhos; Artur, João Schmidt, Michel Bastos, Daniel e Robson; Gilberto. No segundo tempo, a formação foi: Renan Ribeiro, Auro, Lucão, Douglas e Matheus Reis; Wellington, João Schmidt, David Neres, Michel Bastos e Luiz Araújo; Gilberto.

A atividade durou cerca de 1h30 e foi acompanhada de perto por Ricardo Gomes, que pode mexer no time que enfrenta o Juventude na próxima quinta-feira, em Caxias do Sul, pelo jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil. Para se classificar à próxima fase, a equipe terá de vencer por dois gols de diferença ou devolver o 2 a 1 que sofreu no jogo de ida e triunfar nos pênaltis. Ricardo já não poderá contar com Maicon, que sofreu uma lesão na coxa esquerda e ficará em tratamento. Lyanco é o favorito para substituí-lo.

Enquanto os reservas trabalharam no campo, os titulares fizeram o tradicional regenerativo. O atacante Chavez concedeu coletiva e falou sobre a expectativa para o jogo da Copa do Brasil.

- Creio que o objetivo mais factível poderia ser a Copa do Brasil. Obviamente que não deixamos de lado o Brasileiro, mas teremos de reverter uma situação por uma equipe que já enfrentamos. Com a mentalidade positiva e pensando em reverter a posição, mentalizar nessa partida - afirmou o centroavante.