Bauza - São Paulo

Edgardo Bauza, em treino do São Paulo (Foto: Marcio Horita/AGIF/LANCE!Press)

LANCE!
28/07/2016
16:46
São Paulo (SP)

A escolha do novo treinador da Argentina virou novela. E o responsável pela decisão protagonizou um episódio curioso ao falar dos cotados para o cargo. Armando Pérez, presidente da Comissão Normalizadora da AFA, esqueceu do nome de Edgardo Bauza, técnico do São Paulo, com quem se reuniu na semana passada. A declaração do dirigente foi encarada como gafe na Argentina. Pérez foi perguntado sobre com quem já tinha se reunido:

- Me reuni com Russo (Miguel Ángel) e... não tomei o remédio, não posso me recordar o nome... (risos). Sim, com Bauza (após ser lembrado pelo entrevistador) - declarou Pérez, em entrevista à rádio Continental, de Buenos Aires.

O dirigente se reuniu com Bauza em Buenos Aires na semana passada. O treinador campeão da Libertadores pelo San Lorenzo em 2014 foi o primeiro a conversar com Pérez, que garantiu não ser um indício de que Patón está à frente na disputa.

Armando Pérez também confirmou que Marcelo Bielsa, atualmente desempregado, está descartado. O treinador rejeitou a possibilidade de assumir a Argentina agora.

- Falei com Bielsa, nos reunimos em Buenos Aires. Depois, recebi uma mensagem dele, muito conceitual, dizendo que pensava que realmente não estava adequado de tomar uma responsabilidade hoje de ser técnico - afirmou.

O dirigente da AFA ainda disse que se reunirá com Carlos Bianchi, tricampeão da Libertadores pelo Boca Juniors (ARG), e Jorge Sampaoli, do Sevilla (ESP). Também colocou Eduardo Berizzo, do Celta (ESP), e Marcelo Gallardo, do River Plate (ARG), como possíveis treinadores da seleção.