São Paulo treina no Monumental de Nuñez

Elenco do São Paulo treinou no inicio da noite desta quarta-feira no Monumental de Núñez, em Buenos Aires

Marcio Porto
09/03/2016
21:46
Enviado especial a Buenos Aires (ARG)

No frio de Buenos Aires, o São Paulo fez o último treino antes da partida contra o River Plate, marcada para quinta-feira, às 19h30. O técnico Edgardo Bauza não fez nenhum tipo de mistério sobre a equipe que entrará em campo na atividade de reconhecimento do gramado do estádio Monumental de Núñez, na noite desta quarta. Em entrevista coletiva após os trabalhos, Patón garantiu que o mais importante é jogar bem. 

Bauza dividiu o time titular com: Denis, Bruno, Maicon, Lugano e Mena; Hudson, Thiago Mendes, Centurión, Ganso e Carlinhos; Calleri. Patón passou as orientações táticas aos jogadores. Argentino cobrou agilidade no passe. Deixando o posicionamento dos atletas o mesmo dos últimos jogos, com Centurión aberto pela direita e Carlinhos pela esquerda na segunda linha de quatro.

- Temos primeiro que jogar bem. O que mais me preocupa é fazer um bom jogo. Claro que resultado interessa muito, mas importa joga bem. Precisamos vencer, mas o mais importante é que façamos um bom jogo. Porque depois teremos muito pela frente. Palmeiras domingo, Venezuela, a sequência do Paulistão - disse o treinador. 

Diretor-executivo Gustavo Oliveira e vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro acompanharam a atividade na beira do gramado do Monumental. A última vez que São Paulo jogou nesse estádio foi pela Libertadores de 2005, na semifinal: vitória por 3 a 2, que garantiu o time na decisão, da qual seria vencedor contra o Atlético-PR.

Único jogador do elenco presente naquela conquista, Lugano lembrou com carinho do estádio. Além da semifinal vencida em 2005, em 2011 ele sagrou--se campeão da Copa América pelo Uruguai, ao bater o Paraguai na final.

- Você (repórter) lembrou desses jogos, fui feliz, mas também perdi. Faz parte. Será um grande jogo, de gigantes, e precisamos fazer nosso melhor para sair com a vitória - afirmou o camisa 5, confirmado no time titular nesta quinta-feira.