Pacaembu - (Foto:Divulgação)

Custos de jogos no Pacaembu tem deixado São Paulo com renda líquida muito abaixo do ideal (Foto: Divulgação)

Alexandre Guariglia e Ana Canhedo
23/02/2016
17:13
São Paulo (SP)

Sem o estádio do Morumbi à disposição, o São Paulo tem mandado suas partidas no Pacaembu neste início de temporada. As despesas para jogar longe de seu campo têm prejudicado a renda líquida do Tricolor, pelo menos no Paulista. Na estreia de Diego Lugano, no último domingo, contra o Rio Claro, o lucro total foi de apenas R$ 26.697,47, de acordo com o borderô do jogo, de uma renda total de R$ 315.060,00. Ou seja, pouco mais de 8% do bruto. 

Vale lembrar que a estreia do ídolo uruguaio foi marcada por um protesto das torcidas organizadas antes da partida, na Praça Charles Miller. Os uniformizados não entraram no estádio para assistir ao jogo, irritados com a performance do time nos últimos compromissos: derrota para o Corinthians, pelo Paulistão, e para o The Strongest (BOL), no Pacaembu, pela Copa Libertadores. 

Antes da partida contra o Rio Claro, o Tricolor goleou o Água Santa no mesmo estádio e teve renda líquida ainda pior: R$ 6.043,47, pouco mais de 2% da renda total que foi de R$ 280.475,00. Momentos antes do início do duelo, a Total Acesso, responsável pela comercialização dos ingressos dos jogos do São Paulo, sofreu uma queda no sistema de vendas e "distribuiu" tickets para os torcedores que procuraram por entradas.

Juntando as duas partidas, houve um lucro de apenas R$ 32.740,94, ou seja, 5,5% da arrecadação bruta que somou R$ 595.535,00. Segundo o clube, há um aumento considerável dos custos fixos quando os jogos não são realizados no Morumbi. Além do aluguel (12 a 15% da renda), é necessário arcar com elementos como gerador, barracas e bilheteria móvel, sem contar gastos com a Polícia Militar e com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).

Diante das despesas apresentadas pelo borderô e das explicações do clube , é possível entender o rendimento tão baixo, mas se comparado com o que os rivais levaram até aqui o valor chama ainda mais a a atenção.

Veja a relação entre renda bruta e renda líquida dos outros grandes neste Paulistão:

Corinthians
Renda Bruta: R$ 4.807.160,50
Renda Líquida: R$ 2.747.647,54
Lucro: 57%

Palmeiras
​Renda Bruta: R$ 3.034.042,00
Renda Líquida: R$ 1.749.547,19
Lucro: 58%*

Santos
​Renda Bruta:
R$ 604.905,00
Renda Líquida: R$ 255.485,53
Lucro: 42%

*O Palmeiras disputou uma partida no Pacaembu e teve lucro de 32% em cima da renda bruta.