Kieza e Calleri

Kieza e Calleri jogarão juntos neste sábado, no Pacaembu (Foto: Érico Leonan/SPFC / Ale Vianna/Eleven/Lancepress!)

LANCE!
05/02/2016
19:11
São Paulo (SP)

O técnico Edgardo Bauza, preocupado com o desgaste físico de seus titulares, dará chance aos suplentes do São Paulo, neste sábado, às 17h, contra o Água Santa, no Pacaembu. Ciente da oportunidade única, o estreante Kieza projeta uma parceria de sucesso com o argentino Jonathan Calleri. Os dois centroavantes formarão a dupla ofensiva do Tricolor na partida. 

- Espero que dê tudo certo, que a gente consiga se entrosar. Bauza pediu para nos movimentarmos bastante, já que a gente não vai ter Ganso, então não podemos ficar parados à frente. Acho que vai dar tudo certo - disse o camisa 9, para logo completar: 

- Vai ser muito bom poder estrear, estou trabalhando forte, buscando meu espaço. Se Deus quiser, tudo sairá bem. Como eu disse em minha apresentação, vontade nunca vai faltar. Jogando no São Paulo, não tem como desanimar. 

Mais do que uma parceria com Jony, Kieza poderá reencontrar nos gramados o amigo Rogério, com quem tem dividido o quarto nas concentrações. Patón deverá formar o quarteto ofensivo com Rogério e Wilder abertos e Kieza e Calleri centralizados mais à frente. 

- Rogério me ajuda muito, somos amigos há muito tempo e temos passado bastante tempo juntos aqui no São Paulo. Acredito que a gente só precise de tempo para as coisas se acertarem e comecem a dar resultado aqui no clube. 

Confira outros pontos da entrevista de Kieza:

Jogar fora do Morumbi:

"O Pacaembu é algo bom porque a torcida do São Paulo mora aqui, já estão acostumado, não tem problema nenhum, mas quero estrear logo no Morumbi."

Espaço:
"Estou trabalhando para conseguir meu espaço, minha vaga. Mas se jogar ou não, temos que estar juntos e unidos, é assim que se forma um grupo campeão."

Dia a dia:
"A gente vai se conhecendo aos poucos, pegando entrosamento e amizade, acho que isso vem com o tempo, as coisas vão começar fluir pouco a pouco."