Gustavo Oliveira, gerente do São Paulo (Foto: Ale Cabral/LANCE!Press)

Gustavo Oliveira terá papel decisivo nas negociações por Maicon (Foto: Ale Cabral/LANCE!Press)

Bruno Grossi
25/06/2016
14:43
São Paulo (SP)

Como avisou o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva na última quinta-feira, a novela pela permanência de Maicon no São Paulo terá novidades neste fim de semana. Isso porque o Tricolor enviou o diretor-executivo Gustavo Oliveira para uma viagem a Portugal, onde acontecerão reuniões com a diretoria do Porto (POR) para negociar o zagueiro.

Na madrugada de sexta-feira para sábado, torcedores do São Paulo espalharam nas redes sociais um foto que seria de Gustavo na fila de embarque no Aeroporto de Guarulhos. É possível ver na imagem que a mochila da pessoa, que aparece de costas para a câmera, é da Under Armour, fornecedora de material esportivo do Tricolor.

O clube paulista não confirma se a fotografia era mesmo do diretor-executivo, mas reconhece que a viagem para Portugal estava marcada para este fim de semana. Será a segunda visita de Gustavo aos portugueses nos últimos meses, mas desta vez com peso muito maior. Afinal, restam somente cinco dias para o fim do empréstimo do Porto por Maicon.

No Morumbi, a permanência do zagueiro é tratada com otimismo, seja por compra dos direitos econômicos que pertencem aos Dragões, seja por renovação de três meses para a disputa, ao menos, do que resta da Copa Libertadores da América. Na segunda hipótese, uma cláusula teria de ser acertada par ao vínculo ser encerrado logo após o fim do torneio.

Maicon já disputou 25 partidas e marcou três gols com a camisa do Tricolor. Nas últimas partidas, desde a lesão do volante Hudson, o beque assumiu a braçadeira de capitão, o que aumentou a pressão da torcida e do técnico Edgardo Bauza pela manutenção do jogador de 27 anos.