Lugano - Cerro Porteño

Lugano concede entrevista coletiva após treino do Cerro Porteño (Foto: Divulgação)

Marcio Porto
11/11/2015
10:30
São Paulo (SP)

Ao comentar sobre as baixas que o São Paulo sofrerá para 2016, casos de Rogério Ceni, Pato e Luis Fabiano, Gustavo Oliveira praticamente traçou o perfil do uruguaio Diego Lugano como peça de reposição. Mas, depois, ao ser perguntado sobre o zagueiro, o dirigente despistou.

– Essas perdas são expressivas, e vamos tentar supri-las, em termos de liderança, representatividade. Precisamos retomar a confiança do torcedor, oferecer a ele o que ele quer ver, coisa que não viu este ano – afirmou o diretor, que depois falou sobre Lugano, do Cerro Porteño (PAR):


– Vou frustrar com a resposta. A negociação que importa para o torcedor é a que se concretizou.

Lugano tem mais três anos de contrato no Cerro, mas não esconde que ainda deseja vestir a camisa do São Paulo. Em entrevista na semana passada, ele disse que "depende deles", jogando a responsabilidade para o Tricolor.