Denis - São Paulo

O camisa 1 fez dois milagres em Itaquera e foi decisivo para o Tricolor empatar (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

LANCE!
30/07/2016
14:33
São Paulo (SP)

O São Paulo não vence há duas partidas no Campeonato Brasileiro, mas o jejum guardou um alento para a equipe. Nos tropeços contra Corinthians e Grêmio, ambos com o Tricolor como visitante, o goleiro Denis teve atuações de destaque e agora espera manter o nível contra a Chapecoense, às 11h deste domingo, no Morumbi.

- Claro que não foram os resultados que nós queríamos, porque sempre buscamos as vitórias, mas fiquei satisfeito com o meu desempenho. Trocaria todas as defesas por um resultado positivo, porque este é o pensamento da nossa equipe. Minha função é estar preparado sempre para jogar e dar o meu melhor, e foi isso que busquei nestes jogos. Foram defesas difíceis, e fiquei feliz por poder ajudar - opinou o arqueiro.

A evolução, argumenta Denis, é recorrente do trabalho feito no dia a dia do CT da Barra Funda. A rotina de treinamentos com o preparador de goleiros Carlos Gallo, ex-arqueiro da Seleção Brasileira, potencializaram a capacidade do camisa 1, que reconhece o início conturbado na temporada. Para ele, pesou o fardo de substituir o ídolo Rogério Ceni.

- Acredito que esta boa fase seja fruto dos treinos. Acordo cedo para trabalhar e faço isso sempre focado. Esta determinação nos treinos também é importante. Passei por momentos difíceis no começo do ano, principalmente na transição da saída do Rogério Ceni, mas hoje colho os frutos deste trabalho - destacou o atleta que mais atuou na temporada, com 45 partidas:

- Desde a minha chegada, em 2009, tenho me preparado para ser o goleiro do São Paulo. E isso não é fácil, porque a cobrança é grande. Tive altos e baixos, mas agora com esta sequência de jogos ganhei confiança. Já são sete meses como goleiro titular do São Paulo, e mantenho o foco no dia a dia para dar conta do recado. Além das defesas, também procuro orientar os meus companheiros e tento ajudar com a minha experiência.