Denis - São Paulo

Denis parou por oito meses após operar o ombro direito em fevereiro deste ano (Foto: Erico Leonan/www.saopaulofc.net)

LANCE!
04/11/2015
18:42

O goleiro Denis sabe que é inevitável, mas tenta blindar as comparações com Rogério Ceni, a quem deve substituir a partir de 2016 no gol do São Paulo. Denis, por exemplo, treina cobranças de falta diariamente, mas não permite que os jornalistas façam imagens, tampouco gosta de falar no assunto. Falou nesta quarta-feira, ao ser perguntado em entrevista coletiva, e deixou aberta a possibilidade de suceder o capitão também no fundamento.

- Não gosto muito de falar, não gosto muito que filmem também. Mais pela comparação. Se tenho interesse? No primeiro momento, não. Porque no primeiro momento vou querer substituir ele debaixo das traves. Mas também não dispenso que mais para a frente possa tentar. E se tiver aproveitamento bons nos treinos, por que não ajudar batendo falta, pênaltis? Isso vai ajudar bastante a equipe - declarou o camisa 12, titular no último domingo, contra o Sport, já que Ceni se recupera de uma lesão no pé direito.


Denis também toma cuidado para falar sobre o fim da carreira do Mito. O arqueiro de 28 anos disse, inclusive, que o capitão ainda não comunicou o grupo sobre o futuro. Curioso é que para a imprensa, Rogério Ceni já garantiu que se aposentará no fim deste ano.

"Goleiro do São Paulo tem de saber bastante jogar com os pés. Ele me ensinou isso nesses anos. Ele é pioneiro, é quem mais sabe sair jogando. Procurei pegar as melhores posições dele, a liderança também. Orientar bastante a defesa"


- Eu acho que ele não comentou com ninguém. Mas isso aí é uma coisa dele pessoal, entendo que não é um momento muito fácil de você encerrar uma carreira, uma história muito grande. Mas por enquanto ele não comentou nada com ninguém - assegurou o goleiro.

A cautela é compreensível. Em outros tempos, o goleiro já passou apuros por conta desta situação. Em abril de 2013, a esposa dele fez uma crítica a Rogério Ceni na internet e pegou mal. Ela comentou uma falha do capitão na partida contra o The Strongest (BOL), pela Libertadores.

"Rogério Ceni falha no primeiro gol!!! Ele não dá chance nem pra mãe dele...", postou, no Facebook.

A atitude gerou uma bronca pública do goleiro. Ele falou que sua esposa jamais poderia ter feito este tipo de comentário, que não voltou mais a acontecer. Ele chegou ao São Paulo em 2009 e já disputou 90 partidas, mesmo como reserva de Ceni. O próximo será neste domingo, contra o Cruzeiro, no Mineirão, já que o titular ainda se recupera de lesão.