Cesar Vallejo x São Paulo

Denis, ao fundo, avisou que gostaria de disputar partida neste sábado, no Pacaembu (Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)

Ana Canhedo
04/02/2016
13:56
Guarulhos (SP)

Titular da meta são-paulina desde a aposentadoria do ídolo Rogério Ceni, o goleiro Denis quer emplacar uma boa sequência de jogos neste início de temporada, nem que para isso tenha pela frente uma verdadeira maratona. O São Paulo desembarcou na manhã desta quinta-feira no Aeroporto Internacional de Guarulhos e o camisa 1 falou sobre seus planos. O volante Hudson também atendeu os jornalistas e comemorou o fato de poder chegar mais ao ataque do Tricolor Paulista. 

- Para ser sincero eu pretendo jogar sim (no sábado). Para mim, neste início, quando mais jogos eu fizer, melhor será. Eu preciso entrar de vez e pegar ritmo para me manter bem ao longo da temporada. Não queria ser poupado, não - disse Denis, fazendo referência a partida deste sábado, no Pacaembu, contra o Água Santa, pelo Paulistão. Na próxima quarta, no mesmo estádio, o Tricolor terá pela frente o confronto de volta com o César Vallejo (PER). 

O volante Hudson, que deve ser poupado por Edgardo Bauza do compromisso deste sábado, comemorou a liberdade dada em campo por Patón. Com o argentino, o camisa 25 são-paulino pôde chegar mais à área e até arriscar alguns chutes de longa distância. 

- Com (o ex-técnico do São Paulo Juan Carlos) Osorio, eu e o Thiago (Mendes) não podíamos ir tanto ao ataque, ele pedia que um de nós protegêssemos mais a defesa e não fosse tanto. Com Bauza não tem essa, tanto eu como o Thiago podemos chegar e ajudar o time no ataque - avaliou, para logo completar: 

- Bauza ainda não conversou conosco sobre os erros da partida, deve fazer isso nos próximos treinos para chegarmos bem na quarta-feira. O São Paulo quando se determina a seguir as orientações do professor se torna muito superior ao adversário.