LANCE!
05/09/2017
12:55
São Paulo (SP)

Um dos mais criticados na má campanha do São Paulo no Campeonato Brasileiro, cobrado publicamente até pelo técnico Dorival Júnior e correndo sério risco de perder vaga entre os titulares, Cueva defende o Peru diante do Equador, nesta terça-feira. E pretende usar sua seleção para resgatar confiança na volta ao clube.

- Sempre aproveito o período com a seleção da melhor maneira, atuando contra os melhores da América. Temos um objetivo muito difícil aqui para ir à Copa, e também pelo São Paulo. Quero fazer um grande jogo e voltar confiante para ajudar no Brasileirão - disse o camisa 10 tricolor.

Cueva marcou um golaço na vitória por 2 a 1 sobre a Bolívia, na última quinta-feira, que alçou o Peru à sexta colocação das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, a uma posição da zona que dá vaga no Mundial da Rússia. Mais uma vez, teve pela seleção um desempenho bem superior ao que vem apresentando no São Paulo.

O meia fez apenas um gol e deu só duas assistências neste Campeonato Brasileiro, no qual o time ocupa o penúltimo lugar, com 23 pontos, e esteve na zona de rebaixamento em dez das 22 rodadas já disputadas. Lucas Fernandes vem treinando nas duas últimas semanas para ficar com a vaga do peruano, que deve voltar a trabalhar no CT da Barra Funda no fim desta semana.

Mas, mesmo indo mal pelo São Paulo, Cueva ainda desperta atenção de colegas. Arboleda será rival do meio-campista nesta terça-feira e, em confronto direto por vaga na Copa do Mundo - o Equador está em oitavo nas Eliminatórias, um ponto abaixo do Peru - pede atenção ao seu companheiro de clube na partida desta noite, em Quito.

- Nós temos que fazer bem nosso trabalho, aproveitar que vamos jogar em casa, com altitude. Já passei para meus companheiros que não podemos dar espaço a Cueva porque ele cria jogadas em espaço curto. Vamos ficar em cima, é uma final - disse o zagueiro, que é desfalque certo do Tricolor contra a Ponte Preta, no sábado, porque está suspenso.