Treino do São Paulo

Atacante Luiz Araújo tenta jogada pelos lados em atividade técnica nesta segunda (Foto: Marcio Porto)

Marcio Porto
27/06/2016
12:16
São Paulo (SP)

O São Paulo se reapresentou na manhã desta segunda-feira no CT da Barra Funda após a derrota de 3 a 0 para o Santos. A expectativa é toda sobre a definição da permanência do zagueiro Maicon. Apesar de o técnico Edgardo Bauza ter indicado que o defensor poderia viajar a Portugal ainda no domingo para tratar do assunto pessoalmente, ele treinou com os companheiros nesta manhã. O clube já diz que ele pode até não viajar. O jogador também falou isso, em contato rápido no CT.

- A vontade dele é ficar. Acredito que não depende muito dele. Depende mais do Porto. É uma decisão somente do Porto. Acredito que vai dar tudo certo, estamos confiantes. Caso não aconteça, temos jogadores à altura para substituir. E vamos em frente. Ele nos ajuda bastante e torcemos para ficar - afirmou o zagueiro Rodrigo Caio, em entrevista coletiva.

Sem saber se poderá contar com Maicon para as semifinais da Libertadores, já que o contrato do defensor vence na próxima quinta, o técnico Edgardo Bauza começou a preparar o time de olho na decisão. Desfalques no clássico contra o Santos, Wesley, Thiago Mendes, Ganso e Mena treinaram, mas ainda à parte do restante do grupo.

Bauza espera contar com eles no jogo de ida contra o Atlético Nacional (COL), no próximo dia 6, no Morumbi. Por isso, é possível que eles só voltem ao time no duelo pela Libertadores. O quarteto sofreu com problemas musculares e focarão na parte física para chegar 100% contra os colombianos. A situação mais complicada é do lateral-esquerdo Mena, que ainda não trabalhou com bola após sofrer uma lesão na coxa esquerda na Copa América. Sem ele, a seleção chilena acabou sendo bicampeã do torneio após derrotar novamente a Argentina nos pênaltis no último domingo.

Em outro campo, quem não enfrentou o Santos ou não participou de todo o duelo fez um trabalho técnico. Bauza forçou jogadas ofensivas pelas laterais. Três jogadores investiam pelos lados contra dois e precisavam fazer a bola chegar na área para a conclusão dos atacantes, quase sempre Alan Kardec ou Centurión. Bauza utilizará os próximos dias para fazer um time no Brasileiro e definir o substituto de Kelvin, lesionado, para a Libertadores.

Na próxima quarta-feira, contra o Fluminense, no Morumbi, ele vai mesclar titulares com reservas. A tendência é que Rodrigo Caio, Hudson e Carlinhos joguem. Recém-contratado, o peruano Cueva também deve estrear caso sua documentação seja regularizada. Lugano e Calleri estão suspensos. Já no próximo domingo, contra a Ponte Preta, em Campinas, o treinador já avisou que não colocará em campo nenhum titular. Resta saber se Maicon ainda será jogador do clube até lá.