Bruno Grossi 
30/01/2016
21:29
São Paulo (SP)

Não há margem para relaxamento na hora de resolver os problemas da defesa do São Paulo. Quando o time parecia caminhar para um sistema mais sólido na marcação, Edgardo Bauza perdeu Breno, lesionado, e a marca de não ter sofrido gols na pré-temporada. No primeiro jogo oficial do ano, o Tricolor errou muito atrás e saiu de Campinas apenas com um empate em 1 a 1 com o Red Bull Brasil na noite deste sábado.

Desde os primeiros lances da partida no Moisés Lucarelli, os campineiros partiram para cima de Breno no lado esquerdo da zaga e tiraram proveito da falta de ritmo do beque. A salvação de Bauza era a grande partida do lateral-esquerdo Eugenio Mena, que sobrou na marcação e ainda criou boas chances no ataque. Os volantes Hudson e Thiago Mendes, mais uma vez, se destacaram e os sustos foram diminuindo gradativamente.

Campeonato Paulista - Red Bull x São Paulo
Ganso 'voa' para fazer gol do São Paulo, que fica no empate com Red Bull


A segurança defensiva crescia na mesma proporção em que o domínio de jogo são-paulino aumentava. Paulo Henrique Ganso, com muita liberdade, passou a desequilibrar com toques rápidos. E foi com velocidade que ele se antecipou a William Magrão e surpreendeu Saulo para abrir o placar. Vencer parecia o desfecho natural para um Tricolor consciente, até que os pesadelos defensivos renasceram.


Aos 24 minutos do segundo tempo, Breno caiu no gramado acusando dores no joelho esquerdo e precisou ser substitído por Lucão. Além da preocupação imediata, foi sentido um temor para a fase preliminar da Libertadores, já que Lugano ainda não está pronto e Lyanco disputa o mesmo torneio com a equipe sub-20. Com apenas dois zagueiros à disposição, Bauza parecia pressentir os problemas que chegariam.


Em cinco minutos, Lucão fez pênalti em Roger, que converteu a cobrança, sem chance para Denis. O gol foi o primeiro levado pelo time no ano, entre amistoso e jogos-treinos, sacramentou o tropeço na estreia e enervou a equipe, já irritada com pênalti não marcado de Saulo em Alan Kardec e vermelho não mostrado a Roger – Ganso também escapou de expulsão por tapa em Luan.

FICHA TÉCNICA
RED BULL BRASIL 1 x 1 SÃO PAULO
Data e horário: 30 de janeiro de 2016, sábado
Local: Moisés Lucarelli, Campinas (SP), 19h30
Árbitro: Marcelo Rogério (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Mauro André de Freitas (SP)
Cartões amarelos:  Nando Carandina, Roger e Thiago Galhardo (RBB); Ganso, Breno, Alan Kardec, Hudson e Lucão (SAO)
Gols: Ganso - 43'/1ºT (0-1); Roger - 25'/2ºT (1-1)
Renda/Público: R$: 204.755,00/ 5.606 pagantes

RED BULL BRASIL: Saulo, Everton Silva, Willian Magrão, Dráusio e Luan (Maylson 24’/2º T); Willian Rocha, Nando Carandina, Tiago Galhardo; Igor Sartori (Willie 11’/2º T), Misael (Maxwell 28’/2º T)e Roger. Técnico: Maurício Barbieri

SÃO PAULO: Dênis; Bruno, Rodrigo Caio, Breno (Lucão 20’/2º T) e Mena; Thiago Mendes, Hudson, Michel Bastos e Ganso (Rogério 36’/2º T), Centurión (Carlinhos 23’/2º T); Alan Kardec. Técnico: Edgardo Bauza