Marcio Porto
07/08/2016
07:05
São Paulo (SP)

A vitória de 3 a 0 sobre o América-MG, no dia 10 de julho, no Morumbi, representa saudade para o São Paulo. Desde então, o time não venceu mais e neste domingo, às 16h15, contra o Santa Cruz, no Arruda, precisará da reabilitação para não se complicar ainda mais no Campeonato Brasileiro.

O São Paulo precisará de gols. E bem que os jogadores brasileiros poderiam dar uma forcinha. Naquele jogo contra o América-MG, Alan Kardec, duas vezes, e Lyanco, marcaram. Pronto: depois disso só gringo balançou redes no Tricolor. Pior: quantidade insatisfatória.

Foram cinco jogos e cinco gols desde então. Um do argentino Calleri, três do peruano Cueva e um do argentino Chavez, na derrota de 2 a 1 para o Atlético-MG, na última quinta-feira. O gol de Calleri, que já nem está mais no elenco, não evitou a eliminação na semifinal da Libertadores, após derrota de 2 a 1 para o Atlético Nacional (COL). Depois dali, o time perdeu seu artilheiro e a pegada vencedora.

Se serve de alento, o peruano Cueva retorna ao time hoje. Ele marcou contra o Corinthians, duas vezes contra a Chapecoense e evitou que o São Paulo estivesse ainda pior. É a grande esperança.

No banco, o sotaque agora será diferente. Sai o argentino Edgardo Bauza, entra o interino André Jardine. O brasileiro multicampeão com o time Sub-20 será o responsável por tentar reencontrar as vitórias e conduzir a legião de estrangeiros do elenco até a contratação de um novo treinador. Atualmente, são seis gringos, que devem virar cinco porque Centurión está a caminho do Boca Juniors. Contra o Santa, nem ele nem Lugano, poupado, jogam.

São menos gringos, mas a necessidade de vitória é urgente. De estrangeiro ou brasileiro, é com gols que o São Paulo matará a saudade.

JOGOS SEM VENCER

Atlético Nacional
Derrota por 2 a 1, gol de honra de Calleri.

Corinthians
Empate por 1 a 1, gol de Cueva.

Grêmio
Derrota por 1 a 0.

Chapecoense
Empate por 2 a 2, com dois gols de Cueva.

Atlético-MG
Derrota por 2 a 1, com golaço de Chavez.